Quatro pessoas são presas acusadas de comércio ilegal de armas no Rio

Publicado em 01/03/2024 - 17:50 Por Tatiana Alves - repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro prendeu nesta sexta-feira (1) quatro suspeitos de integrarem uma rede ilegal de comércio de armas e munições na Zona Norte do Rio.

Foram cumpridos quatro mandados de prisão e oito de busca e apreensão contra uma quadrilha acusada de integrar uma rede ilegal de comércio de armas de fogo e munições de uso restrito na região de Rocha Miranda, zona norte da capital.

A ação decorre de investigação do MPRJ e da Polícia Federal e é um desdobramento da Operação Jammer, deflagrada em agosto de 2023, contra organização criminosa, liderada por Maxwell Simões Corrêa, conhecido como “Suel”, e Ronnie Lessa. Os dois estão presos acusados pela morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018. Lessa também cumpre pena por tráfico de armas.

Um dos presos na ação desta sexta-feira é Wellington de Oliveira Rodrigues, conhecido como Manguaça. Ele é apontado como um dos gerentes da "gatonet" de Suel e Lessa.

A operação revelou novos contornos e outros integrantes da organização criminosa, além de provas de mais crimes praticados pelo grupo.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Regional de Madureira e estão sendo cumpridos em Rocha Miranda, Honório Gurgel, Colégio e Catumbi, na Zona Norte do Rio.

Edição: Leila Santos / Liliane Farias

Últimas notícias
Geral

MST faz balanço de ocupações durante Jornada de Lutas

Como parte da Jornada Nacional de Lutas, o MST, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, realizou 24 ocupações em 11 estados brasileiros, nesta segunda-feira, mobilizando mais de 20 mil famílias sem terra.

Baixar arquivo
Economia

Aumenta o número de bares e restaurantes com prejuízos

As dívidas acumuladas fizeram 31% das empresas do Brasil funcionarem no vermelho em fevereiro.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Programa de Reforma Agrária deve incluir 300 mil famílias até 2026

Dez tipos de propriedades serão disponibilizados para os assentamentos, entre elas, imóveis rurais considerados improdutivos, pelo Incra, áreas rurais em posse de bancos e empresas públicas, terras estaduais usadas para abater dívidas com a União e áreas confiscadas por exploração de trabalho semelhante à escravidão.

Baixar arquivo
Economia

Governadores discutem renegociação de dívidas dos estados

Governadores de cinco estados se reuniram nesta segunda-feira (15) com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para discutir o refinanciamento das dívidas estaduais.

Baixar arquivo
Economia

LDO para 2025 prevê déficit zero e salário mínimo de R$ 1.502

A previsão está na Lei de Diretrizes Orçamentárias que o Ministério do Planejamento e Orçamento entregou ao Congresso Nacional.

Baixar arquivo
Geral

Governo pede que CNJ estabeça critérios para saidinha de presos

O pedido foi encaminhado após a sanção, com vetos, da lei que reformou o instituto da saída temporária de presos em regime semiaberto, assinada na semana passada pelo presidente Lula.

Baixar arquivo