Rio de Janeiro: moradores de Vila Isabel protestam contra violência

Publicado em 07/05/2017 - 14:17 Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro - Moradores e comerciantes de Vila Isabel, zona norte do Rio, fazem caminhada pela paz e contra a violência na região (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro - Moradores e comerciantes de Vila Isabel, zona norte do Rio, fazem caminhada pela paz e contra a violência na região Fernando Frazão/Agência Brasil

Moradores e comerciantes de Vila Isabel, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, fizeram hoje (7) uma passeata contra a violência no bairro. Vila Isabel é um dos bairros mais tradicionais do Rio de Janeiro, conhecido por sua escola de samba e por ser o berço do compositor Noel Rosa, conhecido como Poeta da Vila.

A região de Vila Isabel, assim como outras áreas da Grande Tijuca, tem sofrido com o aumento de alguns crimes. De janeiro a março, o número de homicídios na região do 6° Batalhão da Polícia Militar (BPM) (responsável pela área) chegou a sete, dois a mais do que no mesmo período de 2016.

Os latrocínios (roubos seguidos de morte) chegaram a quatro nos três primeiros meses do ano, enquanto no mesmo período do ano passado, não havia sido registrada qualquer ocorrência deste tipo.

A letalidade violenta, que inclui todos os tipos de mortes por agressão (inclusive as cometidas por policiais) quase triplicou, subindo de cinco para 14. Apenas na área da 20º Delegacia (Vila Isabel e Grajaú), os casos mais que triplicaram, passando de três para dez.

Na comparação os três primeiros meses de 2016, o roubo a transeunte cresceu 7,3%, passando de 410 para 440 na região. O roubo de veículos aumentou 73%, passando de 137 para 235.

Vestidos de branco e com cartazes contra a violência, os manifestantes caminharam pela Avenida 28 de Setembro, a mais icônica via do bairro. A organizadora da passeata, Raquel Galiazzi, a situação de insegurança da região tornou-se insustentável.

“Eu fui assaltada em outubro na Avenida Radial Oeste [via que corta o bairro]. Uma moto parou ao meu lado e o assaltante bateu no vidro, quando eu abri, ele encostou a arma da minha cabeça. Eu particularmente cansei. Alguém precisa fazer alguma coisa. Se ninguém fizer nada, a gente continua mercê da violência dia a dia”, disse Raquel, que mora há 20 anos no bairro.

O comerciante Anderson Gomes é morador de Del Castilho, mas levou a filha de três anos para o ato porque tem um estabelecimento comercial no bairro. “Graças a Deus nunca fui vítima de violência aqui, mas meus vizinhos já passaram por muita coisa: roubo, troca de tiros. Estou aqui não apenas pelo meu comércio, mas para lutar pela paz na Vila [Isabel] e no Rio de Janeiro”, disse.

Segundo a Polícia Militar (PM), o comando do Batalhão da Tijuca (6º BPM) está atento às estatísticas e atuando através de rondas e ações estratégicas, como o posicionamento de policiais em alguns pontos, patrulhamento de ruas do bairro e revistas em suspeitos. No primeiro trimestre do ano, foram feitas 120 prisões e apreendida 19 armas, segundo a PM.

A PM informou ainda que o comando do batalhão participa de reuniões mensais do Conselho Comunitário de Segurança, onde são tratadas as demandas de segurança pública da região. Um celular com WhatsApp está à disposição da população para denúncias: (21) 995-454-424.

Além disso, a institução pede que a população faça o registro do crime na delegacia porque isso ajuda no planejamento das ações de segurança do batalhão local.

 

Matéria atualizada às 7h40 de 8/5/2017 para acréscimo de informação

 

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Stephanie Soares
Esportes

A história peculiar de uma aposta do basquete brasileiro

Com apenas 20 anos de idade, a jogadora de basquete brasileira Stephanie Soares tem talento incomum. E uma trajetória também.

O presidente da Russia, Vladimir Putin, durante Diálogo dos Líderes com o Conselho Empresarial do BRICS
Internacional

Rússia anuncia primeira vacina contra a covid-19

Produto foi aprovado pelo Ministério da Saúde. A Rússia espera agora poder iniciar a aplicação em massa, mesmo que estejam ocorrendo ainda testes clínicos para comprovar a segurança do produto.

Idosos moradores do Lar São José, em Sobradinho, no Distrito Federal, recebem presentes de Natal
Direitos Humanos

Covid-19: mais de 330 abrigos de idosos já receberam doações

As instituições que já receberam as doações representam 67% dos abrigos cadastrados na primeira etapa da Campanha Solidarize-se, ação promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Parque Nacional da Tijuca
Geral

Ingresso ao Parque Nacional da Tijuca está 80% mais barato

O desconto tem por objetivo estimular o turismo local e diminuir, a curto prazo, os impactos negativos no equilíbrio econômico-financeiro dos contratos, causados pela pandemia da covid-19.

nascentes devem ser protegidas
Geral

Prazo para inscrições no Prêmio ANA 2020 termina no sábado

Inscrições devem ser feitas pelo site da premiação. Cada participante pode inscrever mais de uma iniciativa. Além disso, poderão ser apresentados trabalhos indicados por terceiros.

Premiê britânico, Boris Johnson, deixa residência oficial em Londres
Internacional

Boris Johnson teme que Reino Unido perca poder se Escócia se separar

Escócia depositou 55% dos votos contra a independência em um referendo de 2014, mas o Partido Nacional Escocês, que governa a nação, quer outro pleito.