ANP lança aplicativo com informações sobre produção de petróleo e gás

Publicado em 05/02/2018 - 17:08 Por Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) lançou hoje (5) o aplicativo ANP E&P, que disponibiliza à sociedade, profissionais da impensa e da indústria de petróleo e gás, investidores e estudantes informações sobre exploração e produção de petróleo e gás natural e de participações governamentais no país, desde a criação da agência, há 20 anos.

Segundo o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, o objetivo é oferecer informação “acessível, atualizada e transparente o máximo possível”. Ele informou que deverão ser incluídos ainda no aplicativo dados como preços dos combustíveis para os consumidores. “Quanto mais for transparente, melhor”, disse Oddone.

O aplicativo está disponível para download gratuito para os sistemas Android e IOS e pode ser baixado em tablets e celulares. O custo do aplicativo, já disponível no Google Play e Apple Stor, ficou em torno de R$ 600 mil. É possível acessá-lo online e offline, sendo que, no último caso, sem acesso às notícias e fotos.

Módulos

Três módulos trazem estatísticas e dados do setor. Um dos módulos, referente a participações governamentais, engloba dados sobre royalties, participações especiais e pagamentos a proprietários de terras. A assessora da diretoria da ANP, Tabita Loureiro, informou que os usuários poderão saber, por exemplo, quanto um município brasileiro recebeu de royalties ou de participações especiais por meio do aplicativo, em um período determinado.

O módulo que trata de dados cadastrais informa sobre contratos, empresas, blocos exploratórios, poços concluídos e devolução de campos à ANP. No módulo estatísticas de exploração e produção (E&P), os dados abrangem a produção do pré-sal, quanto o Brasil produz de petróleo e gás, produção mensal e anual, produção por campo.

As informações são atualizadas mensalmente no aplicativo pela equipe da ANP, as estatísticas de E&P, todo dia 5; as de participações governamentais, todo dia 15; e as relativas a dados cadastrais, todo dia 25. Os dados do Boletim Anual de Reservas é atualizado uma vez por ano no dia 1º de abril. Além disso, são disponibilizadas todas as notícias publicadas no portal da Agência.

Décio Oddone disse que a intenção é incluir outros setores no aplicativo, como preços dos combustíveis para os consumidores. “Quanto mais for transparente, melhor”, comentou. A ideia que está sendo trabalhada prevê, inclusive, além dos preços, dados sobre os postos fiscalizados.

Indústria do petróleo

Para o diretor-geral da ANP, é preciso criar condições para atrair empresas para investir no país e criar assim uma indústria do petróleo no Brasil. “A gente tem um desafio de criar uma indústria do petróleo no Brasil, pós monopólio da Petrobras, e que vai ser o resultado de todos os esforços que estão sendo feitos”.

Entre eles, citou o desinvestimento da Petrobras e as cerca de 2 mil áreas que a ANP está colocando à disposição do mercado na oferta permanente. “Quando você soma tudo isso, a gente está caminhando para ter no Brasil, pela primeira vez, um somatório de condições que vão permitir que a indústria cresça e apareça”.

Oddone reconheceu, no entanto, que não será um processo rápido, já que não havia antes oferta de ativos de exploração e produção em abundância: “nunca teve venda de ativos de produção em larga escala”.

Matéria ampliada às 20h21

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Uso de máscara para proteção contra o novo coronavírus.
Saúde

Estado do Rio prorroga suspensão das aulas presenciais até dia 20

Prefeitura do Rio de Janeiro informou que as escolas municipais da educação infantil e do ensino fundamental permanecem sem data para o retorno às aulas presenciais.

Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.
Internacional

OMS: covid-19 põe em risco anos de progresso em saúde nas Américas

Diretora regional da organização, Carissa Ethienne pediu aos governos que aumentem os gastos em saúde para pelo menos 6% do PIB.Para ela, média atual de 3,7% não é suficiente.

Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.
Economia

Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,50% em julho

O índice é calculado com base em preços coletados em sete capitais brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife e Salvador.

O Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN) está realizando exames para identificação do novo coronavírus (COVID-19)
Saúde

Universidade de Brasília e HUB iniciam teste de vacina contra covid-19

Os primeiros que vão participar do estudo-teste são cinco profissionais da saúde que atuam no atendimento de infectados, mas não tiveram ainda a doença, informa a UnB.

Destruição provocada por explosão em Beirute
Internacional

Líbano lida com devastação feita por explosões no porto

O grande número de feridos levou a uma superlotação dos hospitais de Beirute, informou a Cruz Vermelha. O presidente do Líbano anunciou recursos de US$ 66 milhões em fundos de emergência.

.Mercado , comercio, feira ,Venezuela
Internacional

Vendedores e consumidores enfrentam riscos em mercado de Caracas

No maior mercado de produtos agrícolas da capital venezuelana, as pessoas dão pouca atenção às regras de distanciamento, embora muitos usem máscaras