Fazenda lança relatório de gestão que servirá de modelo para outros órgãos

Publicado em 03/04/2018 - 20:28 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil - Brasília

Brasília - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o ministro do TCU Augusto Nardes, durante divulgação do Relatório de Gestão 2017 (Valter Campanato/Agência Brasil)

Para o ministro Henrique Meirelles, o Relatório de Gestão 2017 representa uma justificativa à sociedadeValter Campanato/Agência Brasil

O Ministério da Fazenda lançou hoje (3) um relatório de gestão que servirá de modelo para outros órgãos. Elaborado segundo recomendações do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), o documento traz a prestação de contas do ministério de forma simplificada e destaca as medidas da pasta para aumentar a transparência.

Segundo o ministro Henrique Meirelles, o relatório representa não apenas uma justificativa aos órgãos de controle, mas à sociedade. Para ele, o aumento da transparência eleva a confiança da população no governo.

“A esperança de uma nação se dá em função da boa governança. A adoção pelo país de políticas públicas adequadas, que levem a crescimento e a geração de empregos”, declarou o ministro. Meirelles acrescentou que uma boa gestão leva ao uso racional dos recursos públicos, ajudando o governo a cumprir o teto federal de gastos.

“Existe uma melhora para o ambiente de negócios do país desde a adoção do teto de gastos. O governo agora trabalha não na expansão dos gastos, mas na melhor gestão, no melhor uso possível. Cada vez mais o governo está se adequando ao tamanho da economia do país e à capacidade de o país crescer”, acrescentou o ministro, que hoje anunciou que deixará o comando da Fazenda no fim desta semana.

 

Brasília - O presidente do TCU, Raimundo Carreiro, durante divulgação do Relatório de Gestão 2017 (Valter Campanato/Agência Brasil)

Presidente do TCU, Raimundo Carreiro classificou o relatório de inovadorValter Campanato/Agência Brasil

O secretário-executivo da Fazenda, Eduardo Guardia, informou que o relatório, o primeiro do tipo no governo federal, baseia-se em três premissas: gestão descentralizada, precisão de conceitos e diretrizes claras.

Segundo ele, uma das grandes inovações do documento consiste em monitorar riscos de práticas que resultem em má gestão e traçar ações para reduzi-los.

 

“Experimentamos o desafio importante de transcender visão das caixinhas das secretarias isoladas [dentro do ministério]. O relatório traz uma visão conjunta do Ministério da Fazenda, uma visão clara de conjunto e direcionamento estratégico. Nosso próximo desafio é definir metas com critérios de desempenhos em cada órgão [da pasta], até para definir a distribuição de recursos escassos. As secretarias com melhor desempenho terão prioridade para receber verbas”, explicou.

O presidente do TCU, Raimundo Carreiro, classificou o relatório de inovador. Ele explicou que o Ministério da Fazenda foi o primeiro órgão federal a cumprir uma instrução normativa relatada pelo ministro Benjamin Zymler de simplificar a administração das contas públicas.

“Este relatório não é apenas para o TCU, mas para a sociedade. Em vez de 3 mil páginas, o documento está simplificado em 174 páginas. Vim receber as contas [da pasta] como homenagem ao Ministério da Fazenda, que se prontificou a ser o modelo de partida de inovação que o tribunal está implantando”, concluiu.

Edição: Armando Cardoso

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Poupança
Economia

Captação da poupança bate recorde para meses de julho

Depósitos na caderneta superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado. Nos sete primeiros meses do ano, captação acumulada chega a R$ 111,58 bilhões.

Justiça

Órgãos assinam termo de cooperação sobre acordos de leniência

O TCU passa a participar das negociações conduzidas pela CGU, AGU e MPF na celebração de acordos de leniência com empresas acusadas de desviar recursos públicos.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Diretor do Instituto Butantan defende confiabilidade de vacina chinesa

O contrato com a farmacêutica chinesa permite ao Butantã começar a produzir e envasar a Coronavac a partir de outubro deste ano, disse Dimas Covas.

João Menezes ganhou o ouro pan-americano em 2019
Esportes

Tenistas brasileiros embarcam domingo para se juntar à Missão Europa

Entre os convocados está João Menezes, ouro no Pan de Lima (Peru). Thomaz Bellucci, Beatriz Haddad Maia e Carolina Meligeni também estão de malas prontas rumo a Portugal.

Fachada do Ministério da Saúde na Esplanada dos Ministérios
Saúde

Sistema interligará bancos de dados sobre educação em saúde

Governo também prepara Marco Regulatório da Residência em Saúde, que transfere, do Ministério da Educação para o da Saúde, responsabilidades sobre essa etapa de formação.

Atracação de navios no Caís do Porto do Rio de Janeiro, guindaste, container.
Internacional

Cepal diz que comércio internacional da América Latina cairá 23%

Cepal diz que valor das exportações regionais deve cair 23%. Nas importações, queda será de -25%, superior aos -24% da crise de 2008/2009. Comércio mundial acumula retração de 17% até maio de 2020.