Veja repercussão da decisão do Copom de manter Selic em 6,5% ao ano

Publicado em 12/12/2018 - 20:30 Por Elaine Patrícia Cruz e redação do Rio de Janeiro - São Paulo e Rio de Janeiro

Representantes das indústrias avaliaram hoje a decisão do Copom de manter a taxa Selic em 6,5% ao ano, na última reunião do órgão do ano. Para o setor, os juros devem cair no país, o novo governo deve continuar com o ajuste fiscal e buscar a redução do custo do crédito no país. 

“Precisamos urgentemente reduzir o custo de crédito para as empresas e para os consumidores para alcançar o crescimento econômico e a geração de empregos de que o Brasil tanto precisa”, diz nota da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). 

Para a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), a manutenção da taxa está “em consonância com as incertezas políticas, que só devem ser dissipadas quando o novo governo colocar, de forma clara, quais são as suas propostas e suas diretrizes para a política econômica em 2019”. A entidade estima que a taxa real de juros deste ano deve fechar em um patamar entre 2% e 2,5%.

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) considera adequada a decisão do Copom, levando em conta que a economia brasileira segue com elevada capacidade ociosa, tanto no parque fabril quanto no mercado de trabalho. “De fato, a recuperação econômica ainda é muito lenta e o desemprego elevado. Além disso, a inflação corrente segue em nível historicamente baixo e as expectativas de inflação se mantêm abaixo da meta estabelecida”, avaliou.

Força Sindical

Para o presidente da Força Sindical, Miguel Torres, a manutenção da taxa Selic inibe a criação de mais empregos no país. “Insisto em dizer que a taxa Selic continua extremamente proibitiva, e que os juros altos inibem os investimentos e a geração de novos postos de trabalho. É importante destacar que o país tem atualmente cerca de treze milhões de desempregados que continuarão sem perspectivas caso, a partir de 2019, o novo governo não passe a adotar, entre outras medidas, uma política contundente de redução dos juros”, disse, em nota.

Edição: Carolina Pimentel

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Avião de pequeno porte
Geral

Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual

As empresas de táxi-aéreo aptas a fazer esse serviço estão listadas no sistema Voe Seguro, e podem ser consultadas no site da Anac. As regras foram publicadas no Diário Oficial da União.

 Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos

Hoje é o quarto dia consecutivo que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro atua no combate ao incêndio florestal de grandes proporções no Parnaso.

medicina, hospital, centro cirúrgico, pacientes, tratamento, internação, equipamento hospitalar
Educação

Governo de SP autoriza retomada dos cursos na área da Saúde

Segundo o secretário de Educação de São Paulo, Rossieli Soares, o objetivo da volta das atividades em cursos da área de saúde é "garantir a formação médica”.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, durante aula magna sobre o tema Educação e Democracia: Perspectiva 2018, na abertura do curso da pós-graduação Lato Sensu em Democracia, Direito Eleitoral e Poder Legislativo.
Justiça

Fux convoca audiência sobre horário de funcionamento de tribunais

A reunião está prevista para 2 de outubro e será mais uma tentativa de resolver o conflito que envolve advogados e os tribunais.

Saúde

Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19

O tecido está sendo produzido no Laboratório de Engenharia de Superfícies da Coppe/UFRJ e tem por objetivo oferecer maior proteção aos profissionais da área de saúde.