Governo indica Weintraub para o Banco Mundial

Cargo representa Brasil e mais oito países na instituição financeira

Publicado em 18/06/2020 - 20:40 Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O Ministério da Economia informou nesta quinta-feira (18) que oficializou a indicação de Abraham Weintraub para o cargo de diretor executivo do grupo de países, conhecido como constituency, que o Brasil lidera no Banco Mundial. A instituição financeira internacional efetua empréstimos a países em desenvolvimento e tem participação em fóruns e organismos internacionais. 

De acordo com a pasta, Weintraub, que é economista e professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), possui qualificações para o cargo, além de ter sido um dos responsáveis pela elaboração do Plano de Governo de campanha do presidente Jair Bolsonaro em 2018. Weintraub deixou hoje o Ministério da Educação.

"Com mais de 20 anos de atuação como executivo no mercado financeiro, Weintraub foi economista-chefe e diretor do Banco Votorantim, além de CEO da Votorantim Corretora no Brasil e da Votorantim Securities no Estados Unidos e na Inglaterra", informou a assessoria do ministro Paulo Guedes. Segundoa a nota, Weintraub também foi sócio da gestora de fundos Quest Investimentos, integrou o Comitê de Trading da BM&FBovespa, o Comitê de Macroeconomia da Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro (Andima) e foi conselheiro da Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (Ancord). 

A cadeira representada pelo Brasil na Diretoria Executiva do Branco Mundial é integrada por Colômbia, Equador, Trinidad e Tobago, Filipinas, Suriname, Haiti, República Dominicana e Panamá. Esses países precisam validar a indicação brasileira para que ela possa ser efetivada. Após ser nomeado, Weintraub vai cumprir o restante do atual mandato, que termina em 31 de outubro de 2020, quando será necessária uma nova nomeação e nova eleição. O cargo é ocupado, de forma interina, pela economista Elsa Augustin. Ela havia ficado no lugar de Fábio Kanczuk, que deixou o posto no ano passado para assumir o cargo de diretor de Política Econômica do Banco Central (BC). A sede do Banco Mundial fica em Washington, capital dos Estados Unidos.

Matéria alterada às 16h37 do dia 22/06/2020 para acréscimo de informações.

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias