Tite critica estado do gramado em derrota para o Peru

Técnico lamenta resultado, mas enxerga pontos positivos

Publicado em 11/09/2019 - 15:21 Por Mauricio Costa - repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Era para ter sido um teste, mas não funcionou muito bem. Tite esperava analisar o desempenho de alguns jogadores e de uma nova formação tática durante o amistoso contra o Peru. Entretanto, saiu do estádio Los Angeles Memorial Coliseum com sua terceira derrota no comando da Seleção e a sensação de que o trabalho nos 90 minutos da partida acabou sendo prejudicado.

O técnico da Seleção Brasileira fez algumas alterações em relação à equipe que havia empatado com a Colômbia. Fágner, Éder Militão, Allan e David Neres entraram nos lugares de Daniel Alves, Thiago Silva, Arthur e Neymar. Parecia uma boa oportunidade para mostrar serviço, até a bolar rolar. Em um estádio organizado para receber jogos de futebol americano, o nosso futebol sofreu. Marcações no campo incomuns, péssimo estado do gramado, nada favorecia o “soccer”, como é chamado o esporte nos Estados Unidos. O Brasil não se encontrou em momento algum. Nem mesmo a entrada de Neymar na segunda etapa foi capaz de dar emoção à partida. No fim, o maior castigo: o gol da vitória do Peru, marcado de cabeça por Abram, aos 39 minutos do segundo tempo.

Aos peruanos, ficou uma sensação de pequena revanche após terem perdido a Copa América, há dois meses. Para Tite, sobrou reclamação sobre a situação do gramado, além do lamento pela atuação ruim.

“Tá errado, influencia no desempenho, não pode acontecer, corre-se risco, inclusive, de lesão do atleta. Não é desculpa da derrota, não tem justificativa a derrota. Tem que entender que o outro lado montou uma estratégia e ganhou. Fora isso, é inconcebível. Uma equipe de alto nível não pode ter um campo nessas condições”.

Mesmo com a derrota, Tite afirmou que conseguiu enxergar aspectos positivos no amistoso disputado em Los Angeles.

“Gostei de dar oportunidades para os atletas jogarem, isso é fundamental. Gostei do desempenho no segundo tempo nos amistosos, criamos oportunidades, mas nos faltou uma precisão maior”.

A derrota por 1 a 0 contra o Peru foi a terceira de Tite na Seleção. Antes, havia perdido para a Argentina, também em amistoso, e foi eliminado pela Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018, com o placar de 2 a 1. O Brasil terá mais dois amistosos pela frente, em outubro. A CBF ainda não confirmou os adversários.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Bola, campeonato brasileiro
Esportes

Treze avança e garante clássico de Campina Grande na final paraibana

Galo da Borborema vence Botafogo no tempo normal e nas penalidades, e se garante na grande final da competição.

chape criciuma
Esportes

Chapecoense e Brusque se classificam para final do Catarinense

Verdão superou Criciúma na disputa de pênaltis, enquanto Quadricolor passou por Juventus com empate sem gols.

bahia x alagoinhas
Esportes

Baiano: Alagoinhas segura empate com Bahia no primeiro jogo da final

Desta forma, futuro campeão do estadual permanece totalmente indefinido. E tudo será decidido apenas no próximo sábado.

santa cruz x salgueiro
Esportes

Salgueiro faz história, bate Santa Cruz e leva título pernambucano

Pela primeira vez desde sua primeira edição, em 1915, o Campeonato Pernambucano tem um campeão de fora da capital Recife, o Carcará.

BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL 05.08.2020 jogo entre América x Atlético no Estádio Independência pelo Campeonato Mineiro 2020 - Fotos: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético
Esportes

Mineiro: Atlético derrota América e está na final

Réver, Marrony e Savarino marcam no triunfo de 3 a 0. Tombense é o adversário do Galo na grande decisão.

O jogador Patrick de Paula, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Ederson, da SC Corinthians P, durante partida válida pela final, ida, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Corinthians. (Foto: Cesar Greco)
Esportes

Corinthians e Palmeiras abrem final do Paulista com empate sem gols

Timão teve as melhores chances, mas parou em defesas de Weverton. Decisão fica aberta para partida de volta, no sábado (8), às 16h30 (horário de Brasília).