Juventude supera 3 de Febrero, do Paraguai, e se garante na semifinal

Time da serra gaúcha selou a vitória na cobranças de pênaltis

Publicado em 23/01/2020 - 20:45 Por Agência Brasil - Rio de Janeiro

O Juventude assegurou presença na noite de hoje (23) nas semifinais da 32ª Copa Santiago de Futebol Juvenil ao superar nos pênaltis, por 5 a 4, o time 3 de Febrero, do Paraguai, que era a única equipe estrangeira nas quartas de final.  O duelo, realizado no Estádio Alceu Carvalho, em Santiago (RS), terminou empatado em 1 a 1 no tempo regulamentar, e a definição da vaga seguiu para a cobrança de pênaltis.

O próximo adversário do Juventude será o vencedor do confronto entre Grêmio e Santos, jogo em curso neste momento no Estádio Alceu Carvalho. O time da Serra Gaúcha luta pelo primeiro título na Copa Santiago.  

Jogo

Após um primeiro tempo arrastado e sem criatividade, os dois times voltaram do intervalo mais ofensivos. Os paraguaios saíram na frente aos 18 minutos: Alan Garcete aproveitou o cruzamento da esquerda, chutou certeiro e ainda contou com a falha do goleiro Marlon.  Com a vantagem do time paraguaio, o Juventude partiu todo para o ataque, mas falhava nas finalizações. Até que aos 39 minutos, Devid arrancou o empate com um chute de fora da área. O tempo regulamentar terminou em 1 a 1 e a decisão da vaga foi para as penalidades.

Os dois times foram acertando tudo, até que, na quarta cobrança de pênalti, Kelvi desperdiçou para o Juventude, e o 3 de Febrero ficou na frente por 4 a 3.  Logo na sequência, o goleiro Marlon brilhou e pegou o pênalti batido por Angel Lopez e, em seguida, Henrique cobrou com perfeição, igualando o placar em 4 a 4. Na primeira cobrança alternada, Franco cobrou mal para o time paraguaio , e coube a Lucas Arno Luft marcar o pênalti que selou a vitória do Juventude por 5 a 4, e a classificação para as semifinais da Copa Santiago.

Jogos da Copa Santiago

Você pode rever as partidas da Copa Santiago aqui.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live Jair Bolsonaro 13.08.2020
Política

Bolsonaro: não existe tentativa de furar o teto de gastos

Bolsonaro defendeu a realização de investimentos públicos em áreas sociais e obras de infraestrutura, mas disse que não existe tentativa de "golpe" para "furar o teto".

A partir de hoje (17) estão liberadas as práticas de esportes coletivos como vôlei, futevôlei, beach tennis e futebol nas praias do Rio de Janeiro.
Geral

Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte

O Senado aprovou hoje um projeto de lei que regulariza o recebimento do auxílio emergencial por funcionários e atletas do setor de esportes.

Edifício sede do Superior Tribunal de Justiça STJ
Justiça

Ministro do STJ revoga prisão domiciliar de Queiroz e esposa

 Fabrício Queiroz é investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 

Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.
Geral

Rio: 1,4 mil mortes por covid-19 foram em favelas, mostra painel

Número se referem às favelas da capital. O estado do Rio de Janeiro registrou 14.080 óbitos desde a chegada do novo coronavírus no Brasil, dos quais 8.612  na capital.

O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo
Justiça

TSE adia decisão a respeito de tese sobre abuso de poder religioso

Até o momento, os ministros Alexandre de Moraes e Tarcísio de Carvalho Neto votaram contra a medida. Somente o relator, Edson Fachin, defendeu a tese para punição. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

TJRJ determina que escolas se preparem para retorno, mesmo em greve

Decisão diz que 70% dos funcionários do administrativo devem retornar ao trabalho presencial, mesmo durante a greve, para prepararem a volta às aulas.