Coluna - Santos se destaca no e-sports

Além de liderar o CBLol, clube paulista abraça outras equipes de games

Publicado em 25/06/2020 - 14:55 Por Guilherme Neto - Apresentador do quadro Fliperama no programa Stadium. A coluna do jornalista será publicada pela Agência Brasil semanalmente às quintas-feiras - Rio de Janeiro

Depois de anos de predominância do Flamengo, figurinha certa em todas as finais do CBLoL desde o segundo split de 2018, o ano de 2020 trouxe um outro nome forte do futebol na elite do campeonato brasileiro de League of Legends (LoL). Desde o início da segunda etapa do CBLoL, o Santos se mantém na  liderança, que agora divide com a Prodigy, ambos com cinco vitórias cada. A perda da invencibilidade e da liderança isolada ocorreu no último sábado, quando foi derrotado pela FURIA.

O Santos chegou à elite do LoL no Brasil depois de vencer a primeira etapa do Circuito Desafiante, que funciona como uma segunda divisão. A equipe paulista foi a líder incontestável na competição, fechando em primeiro lugar  a fase de pontos com 11 vitórias e quatro. Nos playoffs, conseguiu duas vitórias por 3 a 0, primeiro contra a Falkol na semifinal e, finalmente, contra a Team One, na disputa do título.

A entrada do Santos Futebol Clube no e-sports aconteceu ainda em 2015, quando fechou uma parceria com o Dexterity Team e passou a atuar como Santos Dexterity. Permaneceram três anos juntos nos cenários competitivos de Counter-Strike e Rainbow Six. No game de tiro da Ubisoft, conquistou títulos nacionais e internacionais, além de alcançar a semifinal do primeiro Six Invitational da história, um dos mundiais da categoria, em 2017. 

Em 2018, o clube paulista optou por gerar sozinho uma divisão de e-sports, em parceria com a Select e-Sports, empresa especializada na gestão de equipes de esporte eletrônico. Dessa vez, com o nome Santos HotForex, depois de fechar uma cota de patrocínio com uma corretora de investimentos. Além do CBLoL, o Santos HotForex também atua no Counter-Strike, já tendo disputado campeonatos como Brasil Game Cup e ESL Brasil Premier League. Em julho, eles vão estrear no Campeonato Brasileiro de Counter-Strike, a principal competição nacional desta modalidade. O próximo mês também vai marcar o retorno do peixe ao Brasileirão de Rainbow Six. A equipe paulista também está confirmada na Liga Brasileira de Free Fire, que segue suspensa desde o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A atuação do Santos em tantas modalidades de esporte eletrônico já coloca o time paulista como o projeto mais ambicioso entre os times de futebol. O Flamengo, por enquanto, só mantém uma equipe no CBLoL, onde ocupa atualmente a terceira posição. O Corinthians teve uma atuação breve no CBLoL em 2018, em uma parceria com a Red Canids, encerrada antes mesmo do fim do primeiro split. Melhor resultado teve a equipe de Free Fire do Timão. Formada no ano passado, o time corinthiano, liderado pelo jogador Nobru, conquistou o mundial no fim do ano, faturando US$ 400 mil (ou R$ 1,677 milhão na cotação da época).

O Free Fire, aliás, tem sido a porta de entrada para outros clubes tradicionais de futebol no esporte eletrônico, motivados pelo sucesso do game no Brasil e o bom retorno do Corinthians. Além do Santos, o Cruzeiro já está confirmado na próxima edição da Liga Brasileira. Outros nomes na Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) são os rivais Remo e Paysandu: o Leão vai disputar a Série B do game ainda esse ano; já o Papão vai estrear pela Série C.

Com os campeonatos de futebol interrompidos por conta da pandemia, o investimento em esporte eletrônico pode ser uma alternativa para manter acesa a  paixão pelo clube e, de quebra, garantir uma nova fonte de renda.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias