Judô tem 28 atletas em delegação do COB que treinará em Portugal

Convocação reúne candidatos a vaga nos Jogos de Tóquio, em 2021

Publicado em 19/06/2020 - 18:32 Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) indicou 28 atletas para integrar a delegação do Comitê Olímpico do Brasil (COB) que realizará treinos na Europa no segundo semestre. Os judocas ficarão em Portugal entre julho e agosto, inicialmente concentrados no Centro de Treinamento da cidade de Rio Maior, sem contato com pessoas de fora do grupo, e depois irão para a cidade de Coimbra, para atividades com a seleção  portuguesa de judô.

O objetivo do COB é viabilizar a preparação de atletas que estejam na corrida para a Olimpíada de Tóquio (Japão), no ano que vem. O Brasil é o segundo país do mundo com mais casos confirmados do novo coronavírus (covid-19). As restrições de segurança atualmente impostas, devido ao enfrentamento da pandemia, têm dificultado os treinamentos dos brasileiros em diferentes modalidades. Um delas, o próprio judô, cuja prática exige contato físico constante.

"A gente está atravessando um momento bastante difícil e, com certeza, a saída dos atletas desse ambiente para um ambiente em que eles se sintam melhor, que possam realmente se movimentar e treinar, será extremamente salutar nesse período de reinício das atividades de atleta", descreveu Ney Wilson, gestor de Alto Rendimento da CBJ, em entrevista ao site oficial da entidade. "Teremos a quase totalidade dos principais judocas do Brasil nessa missão e um planejamento de treino muito cauteloso e gradual para que esse retorno após três meses de confinamento seja seguro", completou.

O grupo terá 14 homens e 14 mulheres, entre judocas que estão na briga olímpica, e também atletas de apoio. Eles puderam escolher entre aceitar ou não a convocação. Nomes como David Moura (categoria acima de 100 kg) e Maria Suellen Altheman (acima de 78 quilos), por exemplo, optaram por não viajar, conforme informado à Agência Brasil pela confederação.

Já a ausência da campeã olímpica Rafaela Silva (até 57 quilos) se dá por ela ainda cumprir suspensão por doping. A medalhista de ouro aguarda julgamento de recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS), que neste ano inocentou o nadador Gabriel Santos. Antes do adiamento da Olimpíada, Ney Wilson disse à Agência Brasil que acredita na revisão da pena da judoca carioca.

A previsão é que a delegação brasileira desembarque em Portugal entre 10 e 11 de julho e fique no país até 23 de agosto. Os judocas passarão por exames e testes de identificação de covid-19 antes da viagem e na chegada à Europa, e terão de cumprir exigências de segurança das autoridades portuguesas durante a estadia.

Segundo a CBJ, a programação da viagem está em fase final de planejamento, com reuniões semanais entre representantes da entidade e do COB, da Federação Portuguesa de Judô e do Comitê Olímpico de Portugal. O Brasil tem boas relações esportivas com o país europeu, em estágio mais avançado no enfrentamento à pandemia. Tanto que o país esta na mira do COB como sede da aclimatação brasileira antes da Olimpíada de 2024, em Paris (França).

Confira, abaixo, os atletas convocados para os treinos em Portugal.

Equipe feminina

Nathália Brígida (até 48 kg)

Gabriela Chibana (até 48 kg)

Larissa Pimenta (até 52 kg)

Eleudis Valentim (até 52 kg)

Sarah Menezes (até 52 kg)

Jéssica Pereira (até 57 kg)

Alexia Castilhos (até 63 kg)

Ketleyn Quadros (até 63 kg)

Maria Portela (até 70 kg)

Ellen Santana (até 70 kg)

Mayra Aguiar (até 78 kg)

Samanta Soares (até 78 kg)

Beatriz Souza (acima de 78 kg)

Luiza Cruz (acima de 78 kg) 

Equipe masculina

Eric Takabatake (até 60 kg)

Phelipe Pelim (até 60 kg)

Allan Kuwabara (até 60 kg)

Daniel Cargnin (até 66 kg)

Willian Lima (até 66 kg)

Eduardo Katsuhiro (até 73 kg)

David Lima (até 73 kg)

João Pedro Macedo (até 81 kg)

Guilherme Schimidt (até 81 kg)

Victor Penalber (até 81 kg)

Leonardo Gonçalves (até 100 kg)

Rafael Buzacarini (até 100 kg)

Rafael Silva "Baby" (acima de 100 kg)

Thiago Palmini (acima de 100 kg)

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

 

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Geral

STF: teto constitucional incide sobre soma de pensão e aposentadoria

Com a decisão, o valor dos ganhos não pode ultrapassar R$ 39,2 mil, valor do salário dos ministros da Corte, que foi definido pela Constituição como teto.

Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro
Economia

Custo da cesta básica caiu em 13 capitais no mês de julho, diz Dieese

Por conta da pandemia, o Dieese suspendeu a coleta presencial de preços e começou a coletar os preços por meio de telefone, aplicativos de entrega, e-mail e consultas na internet.

Governo de São Paulo inicia testes com vacina contra o novo coronavírus.
Saúde

Hospital das Clínicas de Campinas começa testes de vacina contra covid

O Instituto Butantan deve concluir em outubro ou novembro os testes com cerca de 9 mil voluntários em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná.

Agente penitenciário
Geral

Agentes prisionais tiveram saúde mental abalada na pandemia

Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas coletou informações sobre a percepção dos profissionais sobre impactos da pandemia no trabalho, no bem-estar e nas relações com os presos.

Poupança
Economia

Captação da poupança bate recorde para meses de julho

Depósitos na caderneta superaram saques em R$ 27,14 bilhões no mês passado. Nos sete primeiros meses do ano, captação acumulada chega a R$ 111,58 bilhões.