Título em Portugal coroa volta às quadras de Bia Haddad após 14 meses

Após triunfo, brasileira deve subir 700 posições no ranking mundial

Publicado em 06/09/2020 - 12:41 Por Lincoln Chaves - Repórter da TV Brasil e Rádio Nacional - São Paulo

Após 14 meses sem competir, devido a uma punição por doping e à pandemia do novo coronavírus (covid-19), Bia Haddad Maia retornou ao circuito mundial de tênis feminino com título. Neste domingo (6), a brasileira superou a britânica Jodie Anna Burrage por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/4, e conquistou o W25 de Montemor-O-Novo, em Portugal.

A vitória sobre Burrage garante mais 50 pontos à Bia no ranking da Associação de Tênis Feminino (WTA, sigla em inglês). A adversária era cabeça de chave número um e ocupa atualmente a  posição 289ª da WTA. Com o triunfo de hoje (6), a brasileira deve subir cerca de 700 posições na próxima atualização e aparecer próxima do 600º lugar. Pelo longo tempo de inatividade, a paulista iniciou o torneio na 1.342ª colocação.

Bia foi campeã com autoridade em Portugal. Nos cinco jogos que realizou, perdeu somente um set, para a espanhola Marina Ribera, nas quartas de final. Na decisão contra Burrage, a brasileira destacou-se pela eficiência, com mais de 70% de aproveitamento no primeiro saque - a rival britânica não chegou a 60% de acerto.

Aos 24 anos, a brasileira busca a reabilitação no ranking mundial, após ter alcançado a 58ª posição da WTA em 2017. No ano passado, a tenista obteve uma vitória histórica sobre a norte-americana Sloane Stephens, que à época era número quatro do mundo, em Acapulco (México). Foi o primeiro triunfo de uma brasileira sobre uma top-4 desde 1969.

Em julho de 2019, Bia testou positivo para dois anabolizantes sintéticos proibidos, o que a afastou do circuito provisoriamente. Ela comprovou à Federação Internacional de Tênis (ITF, sigla em inglês), a contaminação cruzada de um suplemento alimentar, consumido sob prescrição médica, mostrando que não teve intenção de obter vantagem esportiva.

Em fevereiro deste ano, a ITF oficializou a suspensão por 10 meses, contados a partir do afastamento inicial. Ela foi liberada para voltar a competir em 22 de maio, mas, devido à pandemia, o retorno foi postergado até o torneio em Portugal. Bia está no país europeu participando da Missão Europa, organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias