Copa é um bom momento para unir brasileiros novamente, diz Raphinha

Em 11 jogos com a seleção, atacante balançou a rede cinco vezes

Publicado em 15/11/2022 - 15:05 Por Anita Kobylinska* - Gdansk (Polônia)

O atacante brasileiro Raphinha, do Barcelona, disse que a Copa do Mundo é um bom momento para trazer novamente à tona o sentimento de união no povo brasileiro, relembrando a conquista do título pelo Brasil em 2002.

Raphinha, que estreou na seleção em outubro de 2021, vai disputar sua primeira Copa do Mundo no Catar.

"Estou pronto para a Copa do Mundo e estou trabalhando duro para chegar lá da melhor maneira possível, tanto física quanto mentalmente", disse Raphinha em entrevista divulgada pelo Barça na segunda-feira. “A atmosfera é a de uma seleção vencedora, ambiciosa e querendo conquistar o título. Há uma vibração boa entre toda a equipe. Não vejo isso como pressão, um time como o Brasil é sempre um candidato à Copa do Mundo ou qualquer outro título que jogue. A cobrança da torcida é normal porque somos um time de qualidade, com grandes nomes", afirmou.

Raphinha, seleção brasileira, brasil, paraguai, eliminatórias
Raphinha foi um dos destaques da vitória o Brasil sobre o Paraguai (4 a 0) nas Eliminatórias em fevereiro deste ano: marcou um gol e participou das principais jogadas da seleção - Lucas Figueiredo/CBF

Raphinha chegou ao Barcelona em julho vindo do clube da liga inglesa Leeds United para seguir os passos de grandes nomes brasileiros como Romário, Ronaldo, Ronaldinho e Neymar no Camp Nou.

"É normal que os torcedores estejam ansiosos para que o Brasil vença sua sexta Copa do Mundo, e nós também", disse o jogador de 25 anos ao relembrar a vitória por 2 a 0 sobre a Alemanha na final no Japão, há 20 anos, graças a dois gols de Ronaldo. "Não me lembro muito da Copa do Mundo de 2002 porque eu era muito criança. [Mas] foi uma sensação incrível e indescritível. Todo o povo brasileiro se abraçou e se uniu. Agora é um bom momento para unir todos nós novamente."

Raphinha, que tem 11 jogos e cinco gols com a camisa da seleção, incluindo três nas eliminatórias da Copa do Mundo, espera repetir o triunfo do Brasil em 2002.

"Prometo que, se vencermos a Copa do Mundo, farei o mesmo que fiz quando conseguimos manter o Leeds no Campeonato Inglês na última temporada, quando atravessei o campo de joelhos", disse.

O Brasil iniciará sua campanha na Copa do Mundo em 24 de novembro em uma disputa contra a Sérvia, e depois disputará os demais jogos do Grupo G com Suíça e Camarões.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

Últimas notícias