Hamilton admite que já se questionou se o problema era ele ou o carro

Após 2 anos difíceis, heptacampeão mundial segue na Mercedes até 2025

Publicado em 29/11/2023 - 13:10 Por Alan Baldwin* - Londres

Lewis Hamilton admitiu ter tido momentos de dúvida após a segunda temporada consecutiva sem vitórias para o piloto de 38 anos da Mercedes na Fórmula 1.

Falando à BBC em uma entrevista publicada nesta quarta-feira (29), o heptacampeão mundial e o piloto mais bem-sucedido da história do esporte, com um recorde de 103 vitórias, disse que é normal fazer essas perguntas.

"Quando você tem temporadas difíceis como essa, sempre haverá momentos em que você se perguntará: 'Sou eu ou é o carro? Você ainda tem o que é preciso? Será que se foi?", disse o britânico, que terminou a temporada em terceiro lugar na classificação geral. "Porque você está perdendo aquilo, sabe... quando a mágica acontece, quando tudo se junta, o carro e você, e aquela faísca, é extraordinário. E é isso que você está buscando."

Hamilton venceu uma corrida pela última vez na Arábia Saudita em dezembro de 2021, quando batalhava contra Max Verstappen, da Red Bull, pelo título, com o piloto holandês prevalecendo em circunstâncias controversas em Abu Dhabi.

Verstappen e sua equipe conquistaram o título no ano passado e tiveram a temporada mais dominante de todos os tempos neste ano, com a Red Bull vencendo 21 das 22 corridas e o agora tricampeão com um recorde de 19 delas.

Hamilton disse que sabia que seria mais um ano difícil antes mesmo de começar, quando testou o carro, e a sensação não foi diferente.

O britânico já estava reclamando na corrida de abertura, no Bahrein, que a Mercedes estava no caminho errado e não o havia escutado.

Desde então, a equipe, que ainda terminou o ano em segundo lugar no geral, mudou o conceito para 2024, com o chefe Toto Wolff dizendo em Abu Dhabi no último fim de semana que quase todos os componentes estavam sendo alterados.

"Acredito que agora temos um norte, o que acho que não tínhamos há dois anos. Mas ainda assim, chegar lá não é uma linha reta", disse Hamilton.

Hamilton assinou um novo contrato em agosto, que vai até o final de 2025, o que significa que ele correrá até os 40 anos de idade, se continuar assim.

* É proibida a reprodução deste conteúdo. 

Últimas notícias