Alemão Andreas Brehme, campeão da Copa de 1990, morre aos 63 anos

Ex-jogador marcou gol que garantiu o título Mundial sobre a Argentina

Publicado em 20/02/2024 - 18:03 Por Karolos Grohmann - Berlim (Alemanha)

O vencedor da Copa do Mundo Andreas Brehme, cuja cobrança de pênalti na final de 1990 contra a Argentina na Itália deu à Alemanha o terceiro título mundial, morreu aos 63 anos, informou a família.

O lateral ofensivo e especialista em bolas paradas tornou-se um dos grandes nomes do futebol alemão quando seu pênalti garantiu a vitória de 1 a 0 sobre a Argentina de Diego Maradona na final da Copa do Mundo em Roma.

Homenagens e condolências foram enviadas de clubes da Alemanha e da Europa.

“Um jogador magnífico, um grande torcedor da Inter. Ciao [adeus em italiano] Andy, lenda eterna”, disse a Inter de Milão (Itália), seu ex-clube, nas mídias sociais.

Brehme também jogou no Bayern de Munique (Alemanha) e no Real Zaragoza (Espanha), entre outros, antes de se aposentar em 1998, após retornar ao Kaiserslautern (Alemanha) e conquistar o título da Bundesliga (Campeonato Alemão) com o time.

Ele também ganhou o título da liga alemã com o Bayern de Munique, além de levantar o troféu da Série A (Campeonato Italiano) e uma Copa da Uefa com a Inter.

“A FCK lamenta o falecimento de Andreas Brehme”, afirmou o Kaiserslautern. “Ele vestiu a camisa dos Diabos Vermelhos por um total de 10 anos e se tornou campeão alemão e vencedor da Copa da Alemanha com o FCK”.

“Em 1990 ele levou a seleção alemã ao título da Copa do Mundo com sua cobrança de pênalti e se tornou uma lenda do futebol. A família FCK está de luto profundo e nossos pensamentos estão com a família e os amigos de Andi”.

Brehme disputou 86 partidas pela seleção alemã, marcando oito gols, incluindo aquele pelo qual é mais lembrado.

“Andreas Brehme estará para sempre em nossos corações, como vencedor da Copa do Mundo e, mais importante, como uma pessoa muito especial. Ele será para sempre parte da família FC Bayern”, disse o Bayern de Munique.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

Últimas notícias