Liga Alemã abandona busca por investidores estrangeiros após protestos

Torcedores se opuseram ao aumento da comercialização do esporte

Publicado em 21/02/2024 - 17:23 Por Karolos Grohmann - Berlim (Alemanha)

A Liga Alemã de Futebol (DFL, em alemão), responsável pelas duas primeiras divisões do país, interrompeu nesta quarta-feira (21) um processo de busca de investidores estrangeiros para uma parcela de seu braço de direitos de transmissão, após torcedores intensificarem protestos.

Em dezembro, os clubes das duas primeiras divisões da Alemanha votaram a favor da autorização para que um investidor financeiro comprasse uma participação do braço de mídia da Liga em um acordo avaliado entre 900 milhões e 1 bilhão de euros.

Porém, isso provocou uma onda de protestos dos torcedores durante meses contra a medida que, segundo eles, iria comercializar ainda mais o futebol no país.

Torcedores interromperam os jogos durante muitas partidas, atirando bolas de tênis, doces e faixas.

“A continuação bem-sucedida do processo parece impossível com os acontecimentos atuais”, disse em comunicado o porta-voz da diretoria da liga, Hans-Joachim Watzke, que também é o CEO (diretor executivo) do Borussia Dortmund.

“Mesmo que a maioria seja a favor de uma parceria estratégica. É por isso que a diretoria decidiu por unanimidade […] não continuar o processo e não concluí-lo”.

Torcedores intensificaram seus protestos e interromperam quase todos os jogos do Campeonato Alemão no último fim de semana. As partidas pararam diversas vezes e terminaram muito depois do programado.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

Últimas notícias