Marinha explica por que alunos da Escola Naval passaram mal em treinamento

Publicado em 22/05/2014 - 09:06 Por Douglas Corrêa-Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O Comando do 1º Distrito Naval detalhou, em nota, como os dois aspirantes a oficial da Escola Naval passaram mal ao participar de um treinamento no quartel de Fuzileiros Navais, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. De acordo com o segundo comunicado da Marinha, os militares apresentaram dificuldades respiratórias após uma instrução sobre técnicas de combate. Em uma das etapas do exercício, os alunos deveriam atravessar um túnel de cerca de 3 metros de comprimento, com a presença de fumaça.

O aspirante Vinícius da Silva Cunha, de 22 anos, apresentou melhoras em seu quadro clínico, mas permanece em observação no Hospital Naval Marcílio Dias. Já o aspirante Jean Caleb Maroto Sousa, com a mesma idade, permanece internado na UTI.

Segundo a Marinha, o exercício em questão é regular e faz parte do currículo de prática profissional naval, prevista no Programa de Ensino da Escola Naval, tendo sido cumprida pelos demais 32 aspirantes Fuzileiros Navais sem incidentes.

A nota do 1º Distrito Naval informa ainda que foi instaurado inquérito, a fim de apurar as circunstâncias do fato, com prazo de conclusão de 40 dias, podendo ser prorrogado por mais 20 dias.

Edição: Talita Cavalcante

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias