Profissionais da rede pública no Rio terão treinamento sobre hipertensão

Publicado em 09/04/2018 - 13:04 Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Cerca de 600 profissionais das redes municipal e estadual de saúde do Rio de Janeiro receberão um treinamento para diagnosticar, tratar e acompanhar pacientes com hipertensão arterial. O treinamento será oferecido pela Sociedade de Cardiologia do Rio de Janeiro (Socerj), durante o 35º congresso da entidade, que será realizado de quarta (11) a sexta-feira (13).

Além de oferecer o treinamento, a Socerj preparou um manual que ficará disponível no site da Sociedade, com informações sobre a doença para profissionais de saúde. “O profissional de saúde, muitas vezes, tem dificuldade de acesso às informações mais novas, aos últimos ensaios clínicos, às últimas formas de diagnóstico e de tratamento”, disse o presidente do Departamento de Hipertensão da Socerj, Armando da Rocha Nogueira.

De acordo com a Sociedade, o Rio de Janeiro é a capital brasileira com maior prevalência da doença, com 31,7% da população afetada. A hipertensão é fator de risco para várias doenças cardiovasculares que, no Brasil, são responsáveis por 30% das mortes.

Um dos principais problemas, segundo Nogueira, é a pouca adesão dos pacientes ao tratamento oferecido. Ele explica que, no país, apenas 20% dos pacientes mantêm a doença sob controle. “Na realidade, há um esforço muito grande para treinar os médicos e tentar divulgar o máximo isso para a população, porque precisamos reverter isso aí. As pessoas precisam saber se têm hipertensão arterial e, caso tenham, ser tratadas corretamente, com acompanhamento e com facilidade para que esse tratamento seja mantido”, disse.

O diagno stico da hipertensão arterial é feito quando a pressão arterial e maior ou igual a 140 mmHg (sistólica) por 90 mmHg (diastólicas), aferidas em pelo menos duas consultas médicas distintas.

Matéria alterada às 11h33 do dia 10/04/2018 para correção no terceiro parágrafo

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Rebecca (esq) e Ana Patrícia
Esportes

Vôlei de praia: CBV anuncia datas do retorno do circuito nacional

As duas primeiras etapas, das cinco previstas, ocorrerão em Saquarema (RJ). As sedes das demais ainda não foram confirmadas e as disputadas devem ocorrer até dezembro.

Soccer Football - Brasileiro Championship - Palmeiras v Corinthians - Pacaembu Stadium, Sao Paulo, Brazil - November 9, 2019   Palmeiras' Bruno Henrique celebrates scoring their first goal   REUTERS/Rahel Patrasso
Esportes

Rivais divergem sobre testes da covid-19 antes de final do Paulistão

Com time confinado, Corinthians dispensa exames para detectar a presença do novo coronavírus. Palmeiras contesta posição do rival.

Brenda Castillo, líbero, Sesi Vôlei Bauru
Esportes

Sesi Bauru e Montes Claros América investem pesado em reforços

 A renomada líbero dominicana Brenda Castillo retorna ao time paulista. Quem também está de volta é o experiente Tiago Brendle, de 34 anos, que fechou com o clube mineiro.

Comércio da cidade do Rio de Janeiro funciona com restrições
Saúde

Estado do Rio tem 168.064 casos de covid-19 desde início da pandemia

Desde ontem foram registrados 32 óbitos e 839 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. O estado soma agora 13.604 mortes pela doença e 144.850 pacientes recuperados. 

Hospital de campanha do Maracanã no Rio de Janeiro
Justiça

Justiça do Rio impede fechamento de hospitais de campanha

Segundo secretaria, hospitais de São Gonçalo e do Maracanã estão abertos, mas sem pacientes por causa de vagas em unidades regulares da rede estadual.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa , após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada
Justiça

Defesa de Onyx assina acordo de não persecução penal com a PGR

Apesar do acordo fechado com a PGR, é necessário que o caso seja analisado pelo Supremo Tribunal Federal. Ministro-relator vai decidir se homologa acordo.