Mais de 5 mil raios atingiram Petrópolis este mês, afirma Enel

Concessionária de energia dá dicas de cuidados durante tempestades

Publicado em 09/01/2020 - 20:39 Por Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O sistema de monitoramento de raios da concessionária de energia Enel Distribuição Rio, que atende aos municípios da região serrana do Rio, registrou 5.476 raios em Petrópolis este ano (de 1º a 8 de janeiro). Apenas ontem (8), foram 1.593 incidências de descargas atmosféricas na cidade. Teresópolis registrou 2.337 raios no período, sendo 1.298 durante o dia de ontem.

O trabalho de monitoramento feito pela Enel tem como principais objetivos identificar os locais de queda de raios, monitorar a evolução das tempestades, apoiar a mobilização das equipes em campo, com foco na minimização do tempo de atendimento em casos de interrupção no fornecimento de energia.

Além de causar interrupções no fornecimento de energia, as descargas atmosféricas podem provocar curto-circuito, a queima de equipamentos e acidentes fatais. Para evitar danos materiais e físicos, a Enel listou dicas importantes de segurança que alertam sobre os cuidados que os clientes devem manter durante as tempestades, como evitar o uso do celular, do secador de cabelo e do ferro elétrico conectado à tomada; evitar também o uso de chuveiro ou de torneira elétrica; e, se possível, permanecer dentro de casa durante a tempestade.

Petrópolis interdita 19 imóveis após chuva

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias de Petrópolis registrou 175 ocorrências após o temporal de ontem (8) e interditou 19 imóveis, sendo oito na Rua Piauí, cinco na Rua Alagoas e mais um na Rua Rio de Janeiro, todos esses no Quitandinha. Também estão interditadas casas na Rua Atílio Marotti, no Retiro; Rua dos Ferroviários, no Alto da Serra; Estrada da Saudade, Alto Independência e Mosela.

O secretário de Defesa Civil, coronel do Corpo de Bombeiros, Paulo Renato Vaz disse que a Defesa Civil “permanece em estado de atenção por causa da previsão de mais chuva para os próximos dias”.

De quinta-feira (2), da semana passada, até o dia de hoje, foram registradas 435 ocorrências e que estão sendo atendidas pelas equipes da Defesa Civil. Mais de 200 homens da prefeitura continuam na limpeza de ralos, remoção de árvores, remoção de lama e lavagem das ruas.

Edição: Liliane Farias

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Andreia Reis/ Cinemateca Brasileira
Geral

Transferência de posse da Cinemateca foi concluída, afirma ministério

A Cinemateca Brasileira, dona do maior acervo audiovisual da América do Sul, deixa de ser administrada pela Fundação Roquette Pinto e passa a ser patrimônio da União.

dólar
Economia

Dólar supera R$5,40 e fecha no maior valor desde junho

Negociações foram afetadas por mercado externo, com estagnação no mercado de trabalho norte-americano e impasse nas discussões de novo pacote de estímulos nos EUA.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

TRF2 nega soltura a secretário afastado de Transportes de São Paulo

Baldy teve prisão temporária decretada pela primeira instância da Justiça Federal no Rio na Operação Dardanários, que apura fraudes em contratações na área de Saúde

exame coronavirus COVID-19
Saúde

Covid-19 já causou mais de 14 mil mortes no estado do Rio

O número de pacientes que se recuperaram da covid-19 no estado do Rio chegou a 156.785. Estão em investigação 985 mortes por possível relação com o coronavírus.

 O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anuncia a nova modalidade do programa Corujão da Saúde, durante entrevista à imprensa
Educação

Prefeito de SP diz que volta às aulas na capital não tem data definida

Segundo ele, o retorno presencial poderá ocorrer a partir de 7 outubro, mesma data definida para o retorno pelo governo do estado, nos meses seguintes, ou até em 2021.

Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).