Escolas estaduais do Rio não compraram água para volta às aulas

Secretaria disse que laudo da Cedae atesta consumo

Publicado em 09/02/2020 - 22:34 Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

As escolas da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) iniciam o ano letivo de 2020 nesta segunda-feira (10) e, segundo o órgão, não houve compra de água mineral para o uso dos alunos. Conforme a secretaria, a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) “enviou laudo técnico de potabilidade atestando que a água do sistema Guandu está própria para o consumo e que a distribuição está normalizada”.

A Secretaria Estadual de Educação informou ainda em resposta à Agência Brasil, que determinou, por comunicado interno, que todas as unidades realizassem a limpeza de seus sistemas internos (caixas d’água, cisternas e filtros) antes do início do ano letivo.

As unidades de ensino da rede pública vão receber mais de 665 mil estudantes matriculados em unidades de ensino da rede pública, mas as aulas no Colégio Estadual Paulo de Frontin, no bairro Rio Comprido, zona norte do Rio, vão começar no dia 17 de fevereiro. Nos colégios estaduais Mato Grosso, em Irajá; Rodrigo Otávio Filho, em Vaz Lobo; Afonso Pena, na Tijuca, todos também na zona norte, e Deborah Mendes de Morais, em Pedra de Guaratiba, na zona oeste, além dos 11 colégios estaduais vocacionados ao ensino cívico-militar, que serão inaugurados em breve, iniciam as aulas em março.

Uniformes

Todos os alunos da rede estadual vão receber os uniformes. De acordo com a Seeduc, a distribuição gratuita estava suspensa há dez anos. Pelos cálculos do órgão, serão mais de 2 milhões de camisas, sendo duas de golas polo e uma camiseta para atividade esportiva. O desenho foi desenvolvido pelos estudantes e escolhido por meio de votação da comunidade escolar.

Outra mudança nas escolas da rede estadual é para enfrentar o calor. A secretaria começou a troca e instalação de novos aparelhos de ar-condicionado nas unidades. Ao todo, segundo a Seeduc, são cerca de 24 mil equipamentos comprados que estão sendo encaminhados para as escolas. “Até o primeiro semestre deste ano, a previsão é que todas as 1.222 escolas estejam totalmente climatizadas”, garantiu o órgão.

O governador do Rio, Wilson Witzel, disse que as medidas resultam de ações realizadas em 2019 e prometeu mais investimentos estaduais neste ano. “Neste ano letivo, os estudantes vão se deparar com uma realidade diferente. Em 2019 muitas ações foram realizadas e, neste ano, mais investimentos serão feitos para melhorar a qualidade de ensino e infraestrutura das escolas”, disse Witzel.

O secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, disse neste ano letivo serão investidos R$ 160 milhões na aquisição de mobiliários e outros equipamentos e de 73 mil novos computadores. Fernandes informou ainda que será ampliado o número de escolas com turmas em tempo integral, saindo de 268 para 600.

“Além disso, a Seeduc vai ampliar o número de escolas no modelo intercultural, implementará unidades com vocação em arte, cultura, esporte e línguas estrangeiras”, disse.

Edição: Fábio Massali

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

Justiça suspende retorno das aulas presenciais na rede privada do DF

A retomada foi autorizada na terça-feira pela primeira instância após outra decisão que a proibiu. Algumas escolas chegaram a retomar as atividades nesta quinta-feira.

Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Síndrome inflamatória multissistêmica ocorre em crianças de 7 meses a 16 anos. Até agora, foram notificados 71 casos no Brasil e registradas três mortes.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, apresenta a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe).
Justiça

Preso pela PF, Baldy pede licença de cargo de secretário

Em nota, governo estadual destaca competência e postura idônea de Alexandre Baldy e informa que o secretário executivo Paulo Galli comandará temporariamente a pasta.

Dólares - Moeda estrangeira
Economia

Dólar fecha no maior valor em 20 dias após queda nos juros

Dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos pressionaram cotação de moedas de países emergentes. Bolsa de valores subiu 1,29% e voltou a superar 104 mil pontos.

A cúpula menor, voltada para baixo, abriga o Plenário do Senado Federal.
Política

Senado aprova limitação temporária da taxa de juros do cartão

"Foco é proteger detentores de cartões de crédito e cheque especial, atormentados com juros rotativos estratosféricos no período da pandemia", diz relator Lasier Martins.