Doria restringe comércio e decreta quarentena em SP a partir de terça

Somente serviços essenciais continuarão funcionando

Publicado em 21/03/2020 - 14:04 Por Wellton Máximo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

A partir da próxima terça-feira (24), todos os 645 municípios do estado de São Paulo entrarão em quarentena, anunciou há pouco o governador João Doria. As medidas valem por 15 dias, até 7 de abril, podendo ser renovadas caso necessário. O decreto foi assinado após seis novas mortes no estado.

Apenas sete tipos de serviços essenciais continuarão a funcionar nesse período: saúde pública e privada, abastecimento, transportes públicos, alimentação, segurança, limpeza e bancos e lotéricas. O governador esclareceu que as indústrias também continuarão a funcionar, com cuidados especiais para os funcionários, para evitar desabastecimento.

Todos os demais tipos de comércio e de serviços ficarão fechados nesse período. “Estamos numa guerra de vida ou morte. Queremos seguir uma trajetória de vida, protegendo a vida das pessoas”, justificou o governador.

Na área de saúde, poderão funcionar em caráter de excepcionalidade hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas. Na área de alimentação, só estarão abertos supermercados, hipermercados, padarias e açougues. Bares, restaurantes e cafés ficarão fechados, funcionando apenas para entrega (delivery). As padarias funcionarão apenas para venda e não poderão servir alimentos preparados em mesas.

“O uso de delivery é uma forma criativa de seguirem funcionando e mantendo o emprego dos profissionais e seus negócios. Solicitamos que empresários sejam criativos e solidários num momento de profunda dificuldade para o país e logicamente para o estado de São Paulo”, disse o governador.

Em relação ao setor de abastecimento, funcionarão transportadoras, armazéns, postos de combustível, oficinas mecânicas, pet shops e bancas de jornais, porém operando com resguardos para os funcionários. Todo o transporte público – ônibus, trens, metrôs e táxis – continuarão a funcionar, assim como os aplicativos de transporte.

Em relação à segurança, todo o sistema de segurança pública e as empresas privadas continuarão a operar normalmente. As empresas de limpeza, de zeladoria e de manutenção públicas e privadas também ficaram fora do decreto.

Os bancos e as lotéricas continuarão a funcionar normalmente para garantir a realização de pagamentos. Doria esclareceu que a construção civil, por enquanto, continuará a operar, assim como os serviços de telemarketing e de call center. “Esses setores [de atendimento por telefone] serão muito demandados daqui para a frente”, justificou.

O governador anunciou ainda que determinou que a Polícia Militar não permita a realização de de eventos e de festas como bailes funk em comunidades. “Vocês são promotores do mal e devem ser condenados por isso. Não faz sentido nenhum a gente querer sobrepor interesses particulares aos das comunidades”, declarou Doria sobre os organizadores de tais eventos.

Sobre o funcionamento da indústria, ele disse que a manutenção do funcionamento das fábricas é essencial para garantir o abastecimento. “Nenhuma medida [até agora] restringe o trabalho das indústrias. O setor não trabalha com atendimento ao público. É essencial que elas funcionem regularmente, com os devidos cuidados para os funcionários. Seu funcionamento é vital para não haver desabastecimento no estado de São Paulo nem no país”, afirmou.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Na tarde deste sábado (8), no Estádio do Pituaçu, em Salvador, o Bahia conquistou o tricampeonato estadual
Esportes

Nos pênaltis, Bahia conquista o tricampeonato estadual

O Tricolor coloca em campo a equipe principal, sai perdendo para o Atlético de Alagoinhas, consegue o empate e conquista o campeonato estadual pelo terceiro ano seguido, algo que não ocorria desde 1988.

Com uma campanha de 16 jogos, com oito vitórias, seis empates e duas derrotas, o Palmeiras voltou a conquistar o título estadual depois de 12 anos
Esportes

Palmeiras vence Corinthians nos pênaltis e é campeão paulista

Com uma campanha de 16 jogos, com oito vitórias, seis empates e duas derrotas, o Palmeiras voltou a conquistar o título estadual depois de 12 anos.

Profissional prepara amostra para realizar exame de covid-19.
Saúde

Rio de Janeiro confirma 178 mil casos e 14 mil mortes da covid-19

Números da secretaria estadual de Saúde mostram que a capital fluminense lidera o número de casos, com 74.403 pessoas infectadas. São Gonçalo (9.295) e Niterói (9.290) aparecem em seguida

Ministro Interino da Saúde, Eduardo Pazuello, participa da 34ª Reunião do Conselho de Governo
Saúde

Pazuello lamenta mortes por covid- 19 e destaca tratamento precoce

“Não se trata de números, planilhas ou estatísticas, mas de vidas perdidas que afetam famílias, amigos e atingem o entorno do convívio social”, disse o ministro interino da Saúde.

O Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN) está realizando exames para identificação do novo coronavírus (COVID-19)
Saúde

Brasil registra mais de 100 mil mortes por covid-19

Dos 3.012.412 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no país, 2.094.293 (69,5%), mais da metade, são de recuperados. O balanço aponta ainda que o número de pessoas em acompanhamento é de 817.642 (21,1%).

Hospital de Campanha de São Gonçalo é inaugurado
Justiça

Rio: Justiça intima Witzel a manter aberto hospital de campanha

Justiça intimou o governador e o secretário de Saúde a cumprir, em 48 horas, ordem judicial de manter em operação o  Hospital de Campanha de São Gonçalo.