Rio de Janeiro decide congelar tarifa do metrô até o fim do mês

Manutenção do preço foi em comum acordo com concessionária

Publicado em 15/05/2020 - 13:46 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O governo do Rio de Janeiro decidiu manter, até 31 de maio, o valor da tarifa do metrô em R$ 4,60. A decisão foi tomada, segundo a assessoria de imprensa do governo do estado, em parceria com a concessionária Metrô Rio, que administra as linhas metroviárias da cidade.

É mais um adiamento do reajuste da tarifa, que deveria ter entrado em vigor em 2 de abril, no valor de R$ 5. Mas a manutenção da tarifa foi novamente decidida em função dos impactos econômicos e sociais provocados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19), que já provocou 2.247 mortes no estado, segundo boletim divulgado ontem (15).

A tarifa de R$ 5 foi homologada pela Agetransp, a agência reguladora de transportes intermunicipais e do metrô, no dia 28 de fevereiro, com vigência a partir de 2 de abril.

O contrato de concessão prevê reajuste anual baseado no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A variação do índice foi de 7,8% entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020, segundo o governo fluminense.

Edição: Fernando Fraga

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias