Barcas que fazem ligação entre Rio e Niterói têm alterações de horário

Mudanças serão mantidas enquanto durar pandemia

Publicado em 27/06/2020 - 10:09 Por Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A partir de hoje (27), a CCR Barcas promove alterações na grade de horário de saída das barcas nos terminais que fazem a ligação entre o Rio e a cidade de Niterói. A partir de agora, a última viagem no sentido Praça Quinze (Rio) será às 20h30 e a última em direção a Praça Arariboia (Niterói) será às 21h.

As modificações serão mantidas enquanto durarem as medidas de combate à pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Redução de viagens

A redução na grade de viagens nas barcas que fazem a travessia marítima na Baía de Guanabara, entre o Rio e Niterói, vale para os dias úteis, finais de semana e feriados. Após as 21h, somente viagens de ônibus serão  oferecidas aos passageiros entre as duas cidades.

Para suprir a demanda de passageiros, a linha 100 realizará viagens entre 21h30 e meia-noite. As partidas sairão do Terminal Rodoviário Menezes Côrtes, no centro do Rio com destino a Niterói. E, no sentido contrário, os ônibus sairão do Terminal Rodoviário João Goulart.

Das 6h às 9h da manhã, horário de pico de passageiros, as barcas sairão das duas cidades com intervalos de 30 minutos, em média.

Das 9h30 às 15h, as barcas deixarão os terminais do Rio e Niterói, com intervalos de uma hora.

E, no horário de pico da tarde, das 16 às 18h, as barcas voltam a circular a cada meia hora. A partir das 18h30, as barcas voltam a circular com intervalos de uma hora, quando a última embarcação deixará o cais da Praça XV, às 21h, com destino à cidade de Niterói.

Medidas

Para evitar aglomeração no interior das estações e nas embarcações, as roletas estão programadas para que o número de passagens disponibilizadas seja exatamente igual ao número de assentos da embarcação que deixará o terminal.

A concessionária CCR Barcas informa também que a linha que liga a Praça XV ao terminal de Charitas, em Niterói, continua suspensa, enquanto durar a pandemia.

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
la bombonera, estádio do boca juniors
Esportes

Equipes do futebol argentino voltam a treinos presenciais

Após paralisação de cinco meses causada pela pandemia de coronavírus, 16 das 25 equipes da primeira divisão do país sul-americano retornaram às atividades presenciais.

Programa de Incentivo à Cabotagem, BR do Mar,
Geral

Programa de incentivo marítimo BR do Mar é entregue ao Congresso

O governo entregou hoje o projeto de lei BR do Mar - iniciativa que visa expandir o tráfego marítimo de mercadorias em todo o território nacional.

 

cruzeiro guarani
Esportes

Série B: Cruzeiro vence Guarani por 3 a 2 fora de casa

Segunda rodada também teve triunfos de Juventude, Paraná e Botafogo SP, além do empate entre Brasil de Pelotas e Ponte Preta.

Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo
Economia

Guedes diz que não apoia eventual tentativa de furar teto de gastos

O ministro Paulo Guedes reafirmou que não há apoio para uma eventual tentativa de furar o teto de gastos do governo para garantir investimentos públicos no país.