Coletivo de mulheres paulistas fará em agosto nova edição de festival

Além de espaço para arte e cultura, movimento busca meios de sustento

Publicado em 14/06/2020 - 11:04 Por Letycia Bond - Repórter da Agência Brasil - São Paulo

O movimento ELA – Empoderamento, Liberdade e Arte – iniciou os preparativos para realizar, em agosto, a segunda edição de seu festival, que neste ano será online e, além de dar voz à agenda feminista e espaço para a expressão artística, buscará meios de tornar o evento uma forma de sustento, já que muitas das participantes tiveram perda parcial ou total da renda, em virtude da pandemia de covid-19.

Marcado para os dias 7, 8 e 9 de agosto, o festival reunirá artistas e produtoras culturais de baixa renda moradores da Baixada Santista, sobretudo as que vivem na zona noroeste de Santos.

Com as medidas de distanciamento social, as apresentações das 54 artistas, que abrangem shows, rodas de conversa e workshops, serão transmitidas pela internet. A edição atual foi ampliada, já que, no ano passado, a programação contou com a participação de 35 mulheres. Uma das fontes para o evento estava em negociação com parlamentares, mas acabou sendo inviabilizada com a eclosão da pandemia. A saída encontrada para levantar recursos foi o crowdfunding (financiamento coletivo). 

Com oito anos de trabalho na área de produção cultural, a idealizadora do festival, Mariany Passos, disse à Agência Brasil que, nesse período, percebeu que as portas estão sempre abertas para os homens, mas não tanto para as mulheres.

"A gente não tinha espaço para falar nos locais, era sempre minoria, o que é muito comum acontecer dentro da arte e da cultura, que é ter eventos totalmente protagonizados por homens. A partir disso, começamos a montar nosso movimento", disse Marianny, que é também conhecida como DJ Nanne Bonny, atividade que exerce há cinco anos.

No começo, a mobilização se deu por meio de festas em locais de grande circulação de pessoas, como a Praça da República, no centro de Santos.

Segundo Mariany, à medida que o grupo conseguiu verbas, a iniciativa foi crescendo e, com isso, passou a ser caracterizada por maior heterogeneidade quanto ao perfil das integrantes.

Marianny destacou que os marcadores sociais de cada uma das participantes são levados em consideração durante a organização do festival. "É infinitamente mais difícil para uma menina que é periférica, que é mãe e não consegue espaço nem dentro da periferia dela, nem fora. Então, comecei a mudar as nossas formas de compor o festival, para ser sempre feito de uma maneira coletiva. Passei a ouvir as urgências de outras mulheres, para agregá-las também", explicou.

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Félix da Costa - piloto português -campeão 2020 fórmula E
Esportes

Com Di Grassi brigando pelo vice, português leva título da Fórmula E

Brasileiro tenta finalizar temporada atrás do campeão Félix da Costa. Já o estreante Sérgio Sette Câmara terminou a rodada em 21º lugar e não chegou a pontuar.

Para marcar o Dia Mundial do Doador de Sangue, o Ministério da Saúde lança campanha de doação de sangue, no Hemocentro de Brasília.
Saúde

Estudo desenvolve exame para diagnosticar esquizofrenia e bipolaridade

Exame de sangue diferencia os dois transtornos por meio da análise de alterações bioquímicas e moleculares envolvidas em cada uma das doenças.

Rio de Janeiro - Estudantes terminam o segundo dia de provas do Enem, realizado na Uerj.  (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Educação

Uerj abre inscrições para programa de auxílio à inclusão digital

O objetivo é democratizar as condições técnicas para promover o acesso dos alunos à internet, que será iniciado no dia 14 de setembro, com aulas e atividades remotas.

automóveis
Economia

Governo promulga acordo de livre comércio automotivo com o Paraguai

As peças e os veículos vendidos pelos dois países terão tarifas mínimas ou zeradas, mas o intervalo para o livre comércio variará entre os dois países. Os produtos paraguaios terão livre comércio imediato.

O presidente Jair Bolsonaro fala à imprensa no Palácio da Alvorada
Política

Bolsonaro nomeia mais dois membros para a Comissão de Ética Pública

A comissão é composta por sete integrantes que têm mandato de três anos, permitida uma recondução.

Geral

Prefeitura do Rio de Janeiro autoriza volta de eventos corporativos

De acordo com a prefeitura, até o momento as avaliações permitiram a antecipação de três setores da economia: os shoppings, o comércio de rua e agora os eventos de negócios.