Rio tem menor número de mortes violentas intencionais desde 1999

Também foram observadas quedas de 36% no roubo de cargas

Publicado em 16/07/2020 - 11:00 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O estado do Rio de Janeiro registrou, no primeiro semestre deste ano, 1.953 mortes violentas intencionais, que incluem homicídios dolosos, roubos seguidos de morte e lesões corporais seguidas de morte. De acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), vinculado ao governo do estado, esse é menor resultado para um primeiro semestre desde 1999.

Os dados divulgados hoje (16) também mostram que as mortes provocadas por policiais supostamente em confronto chegaram a 775 nos seis primeiros meses do ano, 12% a menos do que o mesmo período do ano passado.

Também foram observadas quedas de 36% no roubo de cargas e no roubo de veículos e de 42% no roubo de rua.

Violência doméstica

De acordo com o ISP, durante o período de quarentena devido à pandemia da covid-19, de 13 de março a 30 de junho deste ano, houve uma redução nos registros de ocorrência da violência contra a mulher, de 58,6% nos casos de violência moral, 56,7% em violência patrimonial, de 51,5% em violência psicológica, de 41,8% em violência sexual, de 40,2% em violência física e de 41,6% em Lei Maria da Penha.

No período analisado, apesar da queda dos registros gerais, aumentou a proporção dos crimes ocorridos dentro de casa: 67,2% das mulheres vítimas de violência física (ante 60,3% em 2019) e 68% de violência sexual (ante 57,4% em 2019) sofreram os abusos dentro de casa.

Matéria atualizada às 14h18 para correção de informações fornecidas pelo Instituto de Segurança Pública. Foram registradas 1.953 mortes violentas intencionais no primeiro semestre, e não 1.987, como havia sido informado. Além disso, o resultado é o menor desde 1999, e não de 1988, como estava no texto.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Apostadores fazem fila em casa lotérica. A Caixa Econômica Federal sorteia hoje (08) as seis dezenas do concurso 2.149 da Mega-Sena acumulada, que deve pagar um prêmio de R$ 170 milhões.
Geral

Mega-Sena sorteia nesta quinta-feira prêmio de R$ 12,5 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

Uma mulher usando uma máscara protetora caminha perto do Arco do Triunfo enquanto a França enfrenta um surto de doença por coronavírus (COVID-19), em Paris
Internacional

França tem recorde de casos pós-lockdown, sem pressão sobre hospitais

Para o ministro da Saúde, "existem várias explicações, principalmente o fato de que os pacientes diagnosticados com covid-19 agora são mais jovens, entre 20 e 40 anos, e menos frágeis.

Economia

Lucro líquido da Eletrobras chega a R$ 4,6 bilhões no trimestre

Ebitda, sigla para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização, foi R$ 7,8 bilhões, valor 483% maior do que o mesmo período de um ano atrás.

Rio de Janeiro - 12/08/2020 - Maracanã.
Fluminense enfrenta o Palmeiras esta noite no Maracanã pela 2ª rodada do campeonato brasileiro 2020.
FOTOS: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

.
IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação,
Esportes

Fluminense e Palmeiras ficam no empate no Maracanã

Luiz Adriano marcou para o Verdão. Evanílson fez o do Tricolor carioca. Ceará e Grêmio também não passam da igualdade

Bola, campeonato brasileiro
Esportes

CRB vence no fechamento da segunda rodada da Série B

Galo alagoano supera Oeste com gol do centroavante Léo Gamalho. Competição tem Juventude como líder.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Esportes

Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro

Apontado como um dos favoritos ao título, time da Gávea soma duas derrotas em duas rodadas. Em Salvador, Bahia vence Coritiba por 1 a 0.