Rio tem patrulhamento reforçado neste fim de semana e feriado

São 2,5 mil policiais no patrulhamento de hoje à terça-feira

Publicado em 04/09/2021 - 14:54 Por Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O patrulhamento no Rio durante o período do feriado prolongado conta com 2,5 mil policiais militares de hoje (4) à terça-feira (7). As ações para garantir a segurança de moradores, turistas e frequentadores das praias do Rio foram definidas pela Subsecretaria de Gestão Operacional da Secretaria de Estado de Polícia Militar.

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) fez um reforço de 55% no efetivo nas estradas, ampliando o policiamento nos 6 mil quilômetros da malha rodoviária estadual. O esquema foi incluído na Operação Verão 2021, que começou no sábado passado.

A orla de toda a região metropolitana tem monitoramento por helicópteros e drones do Grupamento Aeromóvel (GAM). As imagens são transmitidas em tempo real para o carro-comando da Corporação baseado no Arpoador, na zona sul da capital. Além dos policiais militares, agentes da Guarda Municipal fazem o policiamento das praias da região, que estão cheias com o tempo bom com céu azul e sol forte. O esquema foi planejado também para evitar os tumultos nas ruas na saída da praia, como os que ocorreram no domingo (22) em Copacabana, na zona sul, inclusive com a depredação de ônibus.

A PM vai utilizar também cavalos do Regimento de Polícia Montada (RPMont) e cães do Batalhão de Ações com Cães (BAC) no patrulhamento. De acordo com a secretaria, o reformo dá “mais efetividade ao policiamento preventivo e ostensivo nas ruas internas dos bairros de Copacabana, Ipanema, na zona sul; e Barra da Tijuca, na zona oeste”. O esquema tem ainda equipes das Rondas Especiais e Controle de Multidões (Recom) que atuam em áreas específicas. “Todo esse efetivo se juntará aos policiais dos programas Segurança Presente e Bairro Seguro já implantados nos bairros que compõem a orla da capital do estado”, informou a secretaria.

O planejamento tem também o reforço no patrulhamento das vias expressas por policiais do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE) e nos corredores estruturais que dão acesso à orla, que fica sob responsabilidade das unidades operacionais da área. Os ônibus que se movimentam em direção à orla são monitorados e poderão ser interceptados se ocorrerem ações que coloquem em risco a segurança no transporte público, que é um crime previsto no artigo 262 do Código Penal. O policiamento está presente também nos terminais de ônibus e nas estações do Metrô.

Guarda Municipal

O patrulhamento na capital se completa com a Guarda Municipal que montou um esquema com 175 agentes que atuam na areia, calçadão e vias de acesso que vão da praia do Leme, na zona sul, até a do Pontal, na zona oeste da cidade. As ações contam com apoio de 24 viaturas, 10 motocicletas e cinco tendas operacionais instaladas em pontos estratégicos na areia.

O trabalho com grupamentos Marítimo Municipal (GMM), de Operações Especiais (GOE), Tático Móvel (GTM), de Guardas Motociclistas (GGM), Especiais de Trânsito (GETs), de Defesa Ambiental (GDA) e de Cães de Guarda (GCG) é em conjunto com a Polícia Militar e a Subsecretaria de Operações da Secretaria Municipal de Ordem Pública, que realiza ações de fiscalização para combater desordens na orla, como a ocupação indevida do espaço público por ambulantes sem autorização.

PRF

Nas rodovias, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou a Operação Independência 2021 no Rio de Janeiro ontem (3). Como se verifica em períodos de feriados, há aumento relevante no fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas vias federais e cresce também o risco de acidentes graves e outras ocorrências de violência no trânsito.

As ações de combate a embriaguez ao volante, de fiscalização de ultrapassagens em trechos de pista simples e o controle do excesso de velocidade foram intensificadas pela PRF. “O uso do cinto de segurança, do capacete, dos dispositivos de retenção para crianças e do uso de telefone celular, além de fiscalizações específicas de motocicletas e condições de conservação dos veículos, também estão entre os focos das equipes da PRF”, informou.

A operação inclui uma atuação reforçada no combate ao crime, principalmente, com abordagens focadas em informações do serviço de inteligência e a utilização de equipamentos de comunicação, para prender criminosos, recuperar veículos roubados e retirar armas ilegais, drogas e produtos contrabandeados de circulação.

Dicas

A PRF sugere a quem vai pegar a estrada nesse período que antes de começar a viagem faça uma avaliação do veículo, use de faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. “Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos obrigatórios, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo. Não esquecer também da cadeirinha, no caso de transporte de crianças”, recomendou.

No caminho é importante também observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. “Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local. Os condutores também devem redobrar a atenção em cruzamentos e áreas urbanas e jamais desviar a atenção do trânsito”, orientou.

A PRF alertou ainda que, se estiver chovendo, os motoristas devem trafegar com velocidade moderada, sempre à direita da via, acender os faróis baixos, manter distância segura do outro veículo que segue à sua frente, evitar manobras e freadas bruscas.

Edição: Kelly Oliveira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias