PM afasta policiais envolvidos em ação que resultou na morte de jovem

Ruan do Nascimento, 27 anos, foi baleado quando ia ao barbeiro

Publicado em 09/05/2022 - 07:51 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Policiais militares (PM) envolvidos em uma operação que resultou na morte de Ruan do Nascimento, de 27 anos, foram afastados do serviço nas ruas. A decisão foi tomada depois de a 1ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar abrir procedimento apuratório contra os agentes.

O jovem, que tinha deficiência intelectual, segundo a família, foi baleado na noite de sexta-feira (6) quando ia ao barbeiro, na comunidade da Barreira do Vasco, na zona norte do Rio. 

Moradores da comunidade relataram ter visto policiais militares à paisana próximo do local onde Ruan foi baleado.

A PM informou que policiais militares do Batalhão de São Cristóvão (4º BPM) foram à comunidade para checar um local de comercialização ilegal de cobre. Durante a checagem, houve confronto armado, segundo a polícia

Ainda de acordo com a PM, depois do tiroteio houve apreensão de uma granada e papelotes de crack. Os policiais também encontraram um homem ferido e o encaminharam ao Hospital Souza Aguiar.

A PM não informou, no entanto, a identidade do homem levado por eles ao hospital.

O caso também está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios, que ouviu os policiais envolvidos na ação e apreendeu suas armas, para a realização de perícia.

Edição: Graça Adjuto

Últimas notícias