Brasil reúne ministros do Brics para discutir sobre população

Publicado em 08/02/2015 - 16:22 Por Danilo Macedo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O governo brasileiro promoverá, entre os dias 10 e 13 deste mês, no Palácio Itamaraty, a 1ª Reunião de Ministros Responsáveis por Assuntos Populacionais do Brics e o 2º Seminário de Funcionários e Peritos em Questões Populacionais do Brics.

De acordo com a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), o objetivo é reunir temas de relevância entre Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, países de economia emergente que compõem o grupo Brics, e abrigam cerca de 2.9 bilhões de habitantes, para aprofundar debates para uma agenda conjunta de desenvolvimento na área.

Presidenta Dilma Rousseff empossa o novo ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger (Antonio Cruz/Agência Brasil)


Recém-empossado por  Dilma, o ministro Mangabeira Unger coordena reuniãoAntonio Cruz/Agência Brasil

A reunião de ministros será na quinta-feira (12). Coordenado pela SAE, do recém-empossado ministro Mangabeira Unger, o evento terá a participação de ministros brasileiros ligados a assuntos populacionais, como o do Desenvolvimento Social e o das Cidades. As delegações de Rússia, Índia, China e África do Sul serão chefiadas por pelo menos um ministro da área.

Entre os assuntos que serão discutidos estão: mortalidade materna, aids e doenças sexualmente transmissíveis; migração rural-urbana e urbanização; envelhecimento e transferências intergeracionais; diferenças de gênero no mercado de trabalho e o papel das mulheres no cuidado de crianças pequenas e idosos dependentes.

Segundo a SAE, será apresentado um plano de trabalho conjunto ao final dos quatro dias de evento. A reunião de ministros dos cinco países e o seminário de peritos em questões populacionais são resultado do plano de ação aprovado na 6ª Cúpula do Brics, em julho de 2014, em Fortaleza, e do primeiro seminário de peritos da área realizado em março do ano passado na África do Sul. 

Edição: Beto Coura

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Plantação de cana-de-açúcar, usada para produzir açúcar e etanol
Política

Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (21), pelas redes sociais, que o Brasil terá uma cota adicional de 80 mil toneladas de açúcar para exportar aos Estados Unidos.