Rússia fornece a separatistas gás cortado pela Ucrânia

Publicado em 19/02/2015 - 16:07 Por Da Agência Lusa - Moscou

A Rússia começou hoje (19) a fornecer gás aos territórios do Leste da Ucrânia controlados pelos separatistas, que disseram ter deixado de receber gás da companhia ucraniana, anunciou a empresa estatal russa Gazprom.

“Desde as 16h (11h em Brasília), a Gazprom fornece gás à Ucrânia, pelas estações de Prokhorovka e Platovo, em um volume de 12 milhões de metros cúbicos por dia”, disse o presidente da Gazprom, Alexei Miller.

As estações de Prokhorovka e Platovo correspondem a dois dos pontos de entrada do gás russo na Ucrânia, um na região de Donetsk e o outro na de Lugansk. Miller disse que o fornecimento se enquadra “no contrato em vigor” entre a Gazprom e a companhia ucraniana Naftogaz.

Pouco antes, o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, disse que a Rússia poderia fornecer gás por “razões humanitárias” aos territórios separatistas. Medvedev informou ter pedido ao Ministério da Energia russo e à Gazprom que preparassem propostas de fornecimento “para dar resposta às necessidades dessas regiões”. “As pessoas não podem passar frio”, disse o primeiro-ministro.

Os separatistas pró-Rússia anunciaram uma interrupção brusca do fornecimento de gás aos territórios que controlam. A Naftogaz confirmou a suspensão, atribuindo-a aos estragos causados pelos combates. “O restabelecimento das entregas é impossível por causa dos combates, que continuam” e impedem os técnicos de fazer as reparações necessárias sem arriscar a vida, informa comunicado da Naftogaz.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Prefeitura do Rio de Janeiro autoriza volta de eventos corporativos

De acordo com a prefeitura, até o momento as avaliações permitiram a antecipação de três setores da economia: os shoppings, o comércio de rua e agora os eventos de negócios.

Outbreak of the coronavirus disease (COVID-19), in Sao Paulo
Geral

São Paulo interdita 75 bares nos primeiros dias de abertura noturna

Além do horário, a fiscalização também tem observado se estão sendo colocadas mesas na calçada. A desinterdição deve ser solicitada na subprefeitura da região.

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real,Cédulas do real
Economia

IGP-M sobe 1,46% na primeira prévia de agosto

Nos primeiros dez dias de julho, a taxa ficou em 1,18%. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) e o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) respondem pela aceleração do IGP-M na prévia do mês.

Testes para detecção do Covid-19
Esportes

Covid-19: Corinthians recusa Einstein após atraso com exames do Goiás

Jogo ontem (9) foi suspenso em cima da hora devido a resultados positivos no Esmeraldino. Timão anuncia que recorrerá a "laboratório de confiança"  usado no Estadual. 

Sala de aula
Educação

Alunos do ensino médio público voltam às aulas presenciais no Amazonas

Cerca de 110 mil estudantes de 123 escolas da rede pública do estado devem retornar às salas de aula. Distanciamento social, uso correto de máscaras e aferição de temperatura são medidas obrigatórias.

Secretário de Saúde dos EUA, Alex Azar, fala durante encontro com presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen
Internacional

EUA vão compartilhar vacina após garantir necessidade interna

Anúncio foi feito pelo secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar, nesta segunda-feira. Há mais de 200 candidatos à vacina da covid-19 em desenvolvimento ao redor do mundo.