Chefes de Estado africanos discutem esta semana estratégia contra Boko Haram

Publicado em 05/04/2015 - 15:27 Por Da Agência Lusa - ABUJA

Os dirigentes da África Ocidental e da África Central vão se reunir na quarta-feira (8) em uma cúpula em Malabo, capital da Guiné Equatorial, para decidir uma “estratégia comum de luta” contra o grupo radical islâmico nigeriano Boko Haram, anunciou hoje (5) a Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental.

“Perante os ataques cada vez mais numerosos e sangrentos dos fundamentalistas contra a Nigéria, o Níger, os Camarões e o Chade, com as suas graves consequências para esses países e risco de desestabilização para a África Ocidental e a Central, as duas comunidades econômicas regionais decidiram analisar a questão”, informa um comunicado. O texto adianta que, no dia 8, os chefes de Estado da região vão discutir “uma estratégia comum de luta contra o grupo terrorista Boko Haram”.

A Nigéria lançou, no início de fevereiro, uma ofensiva militar de grande envergadura contra o Boko Haram, com a ajuda dos vizinhos Chade, Níger e Camarões. A operação regional permitiu expulsar o grupo islâmico da maioria das localidades que ocupava há vários meses no Nordeste da Nigéria.

Apesar disso, os países vizinhos têm criticado as autoridades nigerianas por falta de colaboração e lamentam a falta de coordenação entre as tropas na região.

A Cúpula de Malabo visa a “apresentar o mecanismo de coordenação entre os presidentes” daqueles países, mas também a determinar “como articular essa estratégia em nível operacional”, com o objetivo de “erradicar o grupo Boko Haram”, acrescenta o comunicado, adiantando que 21 países estarão representados na reunião.

A insurreição do Boko Haram, iniciada em 2009, já causou mais de 15 mil mortes, segundo os últimos dados da Organização das Nações Unidas (ONU).

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias