Meta de crescimento da China é alcançável, mas país precisa de reformas, diz FMI

Publicado em 10/03/2017 - 16:21 Por Da Agência Xinhua - Washington

Yuan (Divulgação/Banco Popular da China)

Banco Popular da China busca manter yuan (moeda do país) estável em relação a uma cesta de divisasDivulgação

É possível que a China mantenha sua meta de crescimento econômico em cerca de 6,5% para este ano, mas o país precisa implementar mais reformas para trilhar um caminho de desenvolvimento mais inclusivo e sustentável, comentou ontem (9) o Fundo Monetário Internacional (FMI). As informações são da agência de notícias chinesa Xinhua.

"Continuaremos aconselhando [à China] um menor enfoque em objetivos de alto crescimento do PIB [Produto Interno Bruto, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país] e mais atenção ao excessivo aumento do crédito, ao endurecimento das restrições de orçamento para as empresas públicas e ao impulso ao sistema social", disse à Xinhua o porta-voz do FMI, Gerry Rice.

Em um relatório recente sobre as metas do governo, a China fixou o objetivo de crescimento do PIB em cerca de 6,5% para este ano, cifra menor do que fixada entre 6,5% e 6,7% em 2016, mas de acordo com o mais recente prognóstico para o país, feito em janeiro pelo FMI.

Um menor objetivo de crescimento do PIB significa que "o governo aceita uma taxa de crescimento ligeiramente menor, em um esforço para controlar o acúmulo de riscos financeiros no sistema", disse David Dollar, ex-funcionário do Banco Mundial e pesquisador da Brookings Institution (instituto de pesquisa americano). Segundo Dollar, uma menor meta de oferta monetária este ano também ajudará a estabilizar o nível de alavancagem da economia chinesa.

O porta-voz do FMI, Gerry Rice. disse que a atual saída de capitais da China não representa uma preocupação para a segunda maior economia do mundo. "Creio que a saída de capitais se converteria em uma preocupação se desse lugar a um ajuste desordenado do câmbio e da economia, em geral, e não vemos essa possibilidade no momento."

Estabilidade cambial

Quanto à taxa de câmbio, o relatório de metas do governo sinalizou que a China continuará com a reforma orientada ao mercado e manterá a posição estável da moeda chinesa no sistema monetário internacional em 2017.

Para David Dollar, isso está de acordo com os recentes esforços do Banco Popular da China, o banco central chinês, para manter a moeda do país. o yuan, relativamente estável em relação a uma cesta de divisas. "Nos primeiros dois meses deste ano, as expectativas sobre o yuan parecem estáveis e o nível de reservas não mudou", disse.

As reservas chinesas registraram excelente performance: ficaram em torno de US$ 3 trilhões até o final do último mês, levemente acima dos 2,9982 trilhões no mês anterior, conforme dados do Banco Popular.

"Se o dólar continuar se valorizando, então esperaríamos uma modesta desvalorização do yuan frente à moeda americana e uma valorização ante o euro e outras moedas", disse David Dollar.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Hospital de campanha do Maracanã no Rio de Janeiro
Justiça

Justiça diz que Saúde não pode desmobilizar hospitais de campanha

Segundo a SES, hospitais de São Gonçalo e do Maracanã estão abertos, mas sem pacientes por causa da disponibilidade de vagas em unidades regulares da rede estadual.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa , após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada
Justiça

Defesa de Onyx assina acordo de não persecução penal com a PGR

Apesar do acordo fechado com a PGR, é necessário que o caso seja analisado pelo Supremo Tribunal Federal. Ministro-relator vai decidir se homologa acordo.

Hospital de campanha para vítima de Covid-19 em Santo André, São Paulo
Saúde

Covid-19: Brasil registra mais 561 mortes; total chega a 94.665

Doença atingiu 2,75 milhões de brasileiros; 69,5% já se recuperaram. Atualmente, 743.334 pacientes estão em acompanhamento.

Painel Resolveu
Geral

EBC fica em primeiro no ranking de elogios entre instituições federais

De 1º de janeiro a 31 de julho, a administração federal recebeu 4.656 elogios de usuários de 333 instituições; EBC recebeu 417 elogios, e Ministério da Economia, 375.

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES
Economia

BNDES seleciona fundos de crédito não bancário para pequenas empresas

Com isso, BNDES busca mitigar impactos da pandemia de covid-19 na economia e, por meio de canais não bancários, ampliar crédito para pequenos empreendedores.

Dolar-Moeda estrangeira
Economia

Dólar ultrapassa R$ 5,30 e fecha no maior valor em duas semanas

Nos Estados Unidos, alta da indústria e impasse em negociações de novo pacote de estímulos pressionaram cotação. No Brasil, mercado aguarda reunião do Copom.