Com pequena margem, sistema presidencialista lidera referendo na Turquia

Publicado em 16/04/2017 - 13:54 Por Da Agência Brasil* - Ancara

O apoio ao novo sistema presidencialista sugerido pelo mandatário turco, o islamita Recep Tayyip Erdogan, lidera a apuração do referendo realizado neste domingo (16) na Turquia, segundo os primeiros dados parciais. As informações são da Agência EFE.

Com 91,7% das urnas apuradas, o "sim" aparece com 52,2% dos votos, enquanto o "não" alcança 47,8%, segundo os resultados oficiais divulgados pela emissora NTV. A participação popular teria alcançado 85% do censo eleitoral da Turquia.

O "sim" vence em Anatolia e na região do Mar Negro, redutos do governamental Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), enquanto o "não" se impõe em Istambul, na costa do Egeu, no Mediterrâneo e nas áreas em que se concentra a população curda.

À medida que avança a contagem, a vantagem do "sim" está se reduzindo, e passou de mais do 60% para o atual 52,2%.

A Turquia vai decidir, nesta consulta popular, se substitui seu modelo parlamentar por um presidencial com amplos poderes e cujo resultado determinará o modelo político do país e redefinirá suas relações com a União Europeia (UE).

Cerca de 55 milhões turcos foram convocados às urnas e as pesquisas apontavam um resultado apertado, uma vez que as enquetes davam possibilidades de vitória tanto ao "sim" quanto ao "não".

Erdogan

Após votar em Istambul, o presidente Recep Tayyip Erdogan disse hoje que o referendo para instaurar o sistema presidencial é histórico e que a mudança servirá para acelerar o desenvolvimento e definir o futuro do país: "O referendo de hoje não é um qualquer, é um dos mais importantes em nossa História".

Erdogan, o grande impulsor da reforma, sustentou que o modelo presidencialista vai acelerar o desenvolvimento do país e equiparou a mudança com atingir os objetivos de Mustafa Kemal Atatürk, o fundador da moderna república laica.

"Com esta mudança nosso povo decidirá por um salto em seu desenvolvimento. Temos que fazer uma eleição fora do comum para atingir o objetivo de Mustafa Kemal Atatürk de alcançar as civilizações contemporâneas", acrescentou.

Já o líder do opositor Partido Republicano do Povo (CHP, social democrata), Kemal Kiliçdaroglu, acreduta em uma vitória do "não".

"Tivemos uma boa campanha. Estamos votando o destino da Turquia. Estou contente e confio em que tenhamos um bom resultado e então tratemos de solucionar os problemas do país", disse após votar.

*Com informações da Agência EFE

Edição: Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Idosos moradores do Lar São José, em Sobradinho, no Distrito Federal, recebem presentes de Natal
Direitos Humanos

Covid-19: mais de 330 abrigos de idosos já receberam doações

As instituições que já receberam as doações representam 67% dos abrigos cadastrados na primeira etapa da Campanha Solidarize-se, ação promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Parque Nacional da Tijuca
Geral

Ingresso ao Parque Nacional da Tijuca está 80% mais barato

O desconto tem por objetivo estimular o turismo local e diminuir, a curto prazo, os impactos negativos no equilíbrio econômico-financeiro dos contratos, causados pela pandemia da covid-19.

nascentes devem ser protegidas
Geral

Prazo para inscrições no Prêmio ANA 2020 termina no sábado

Inscrições devem ser feitas pelo site da premiação. Cada participante pode inscrever mais de uma iniciativa. Além disso, poderão ser apresentados trabalhos indicados por terceiros.

Premiê britânico, Boris Johnson, deixa residência oficial em Londres
Internacional

Boris Johnson teme que Reino Unido perca poder se Escócia se separar

Escócia depositou 55% dos votos contra a independência em um referendo de 2014, mas o Partido Nacional Escocês, que governa a nação, quer outro pleito.

Incendios florestais entre Miranda e Corumbá BR 262 e MS 184
Geral

Engajamento da população é vital para evitar incêndio na natureza

Coordenador ambiental diz que a educação tem que começar desde os primeiros anos das crianças, tanto em casa quanto nas escolas.

ensino online, educação a distância
Educação

Professores passam a contar com apoio emocional durante pandemia

Pesquisa feita com 7.734 mil professores de todo o país este ano mostrou que 83% ainda se sentem pouco ou nada preparados para o ensino remoto e 50% se preocupam com a saúde mental.