Coreia do Norte condena sanções da ONU e ameaça com represálias contra os EUA

Publicado em 07/08/2017 - 07:37 Por Da Agência EFE - Seul

A Coreia do Norte condenou hoje (7) as novas sanções adotadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas e ameaçou com represálias os Estados Unidos se o país mantiver a sua política "hostil".

"Cobraremos o preço devido aos Estados Unidos pelo seu odioso crime contra a nossa nação e o nosso povo", diz texto publicado pela agência estatal norte-coreana Kcna.

No documento, o regime da Coreia do Norte considera que as sanções aprovadas no sábado passado constituem uma violação da sua soberania e do seu direito ao desenvolvimento.

"Faremos uma ação justa e decisiva (contra os Estados Unidos) tal e como já advertimos", diz o texto. Os 15 países do Conselho de Segurança adotaram - por unanimidade - no último sábado resolução que levou um mês de negociações e resultou em sanções que representam US$ 1 bilhão.

Edição: Kleber Sampaio

Últimas notícias
O presidente do TSE, Alexandre de Moraes, durante cerimônia de posse do diretor-geral da PF, na sede da corporação, em Brasília.
Justiça

AGU pede ao STF apuração de posts com divulgação de decisões de Moraes

O jornalista Michael Shellenberger divulgou na rede social X decisões sigilosas de Alexandre de Moraes. Para AGU, há suspeita de interferência no andamento dos processos e violação do sigilo dos documentos.