Partidos independentistas divergem sobre candidato a presidente da Catalunha

Puigdemont se comprometeu a voltar ao país se ganhasse as eleições,

Publicado em 24/12/2017 - 12:55 Por Da Agência EFE - Madri

Os dois principais partidos independentistas catalães - JxCat e ERC - mostraram hoje (24) divergências sobre quem pode ser o candidato a presidente da região, após as eleições de quinta-feira (21). As informações são da Agência EFE.

Embora a vitória tenha sido do Ciudadanos, força defensora da unidade da Espanha, com 37 cadeiras, os separatistas controlarão o Parlamento autônomo graças aos 33 parlamentares do JxCat e 32 de ERC, completados com os quatro de outro partido independentista, o CUP.

Líder destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, durante coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica 31/10/2017

Líder destituído, Carles Puigdemont evita a ação da Justiça espanholaREUTERS/Yves Herman

A intenção desses partidos é recuperar o que chamam de “governo legítimo”, que era presidido por Carles Puigdemont e foi destituído pelo Executivo espanhol, após uma declaração de independência aprovada pelo Parlamento autônomo em 27 de outubro.

Insurreição

O problema é que Puigdemont foi para Bruxelas poucos dias depois e lá, com outros quatro ex-conselheiros de seu gabinete, evita a ação da Justiça espanhola, que o acusa de rebelião e insurreição e que ordenou sua detenção assim que retornar à Espanha.

Puigdemont se comprometeu a voltar ao país se ganhasse as eleições, mas ainda não esclareceu suas intenções. Seus aliados e rivais eleitorais do ERC lembraram sua promessa neste domingo.

O ex-conselheiro de Justiça e deputado eleito Carles Mundó (ERC) afirmou que, caso Puigdemont fique em Bruxelas para evitar a prisão, o cargo poderia ser assumido por seu ex-vice-presidente, Oriol Junqueras, líder do partido.

“Ele se encaixa na ideia de governo legítimo que foi planejada em todo momento”, acrescentou Mundó, embora Junqueras esteja preso pelas mesmas acusações contra Puigdemont.

Resposta

Em 4 de janeiro, Junqueras comparecerá perante o Tribunal Supremo para revisar sua situação penal, podendo deixar a prisão de maneira provisória e ficar em liberdade com medidas cautelares.

A resposta do JxCAt foi dada pelo ex-conselheiro de Presidência e também deputado Jordi Turull, que defendeu a candidatura de Puigdemont e disse para “não se gastar energias com outras hipóteses”, pois isso seria “uma rendição”.

Quem pode recuperar seu antigo cargo como presidente do Parlamento autonômico é Carme Forcadell (independente na lista do ERC), que está em liberdade provisória à espera de julgamento pelos mesmos delitos que os demais investigados.

Fontes da direção do JxCat disseram hoje que seu objetivo é restituir “todas as instituições legítimas catalãs tal como estavam previamente à aplicação” das medidas do governo espanhol de 27 de outubro.

Isso inclui votar em Carme Forcadell como presidente do Parlamento, segundo maior cargo institucional da região, e apostar em Puigdemont como presidente do gabinete autonômico.

Edição: Amanda Cieglinski

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Amapá, Ceará e Rio de Janeiro seguem em alerta de uma segunda onda

O Boletim InfoGripe da Fiocruz indica que Amapá. Ceará e Rio de Janeiro mantêm o sinal de retomada do crescimento de novos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Avião de pequeno porte
Geral

Anac autoriza táxi-aéreo a vender assento individual

As empresas de táxi-aéreo aptas a fazer esse serviço estão listadas no sistema Voe Seguro, e podem ser consultadas no site da Anac. As regras foram publicadas no Diário Oficial da União.

 Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Prossegue combate a incêndio florestal na Serra dos Órgãos

Hoje é o quarto dia consecutivo que o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro atua no combate ao incêndio florestal de grandes proporções no Parnaso.

medicina, hospital, centro cirúrgico, pacientes, tratamento, internação, equipamento hospitalar
Educação

Governo de SP autoriza retomada dos cursos na área da Saúde

Segundo o secretário de Educação de São Paulo, Rossieli Soares, o objetivo da volta das atividades em cursos da área de saúde é "garantir a formação médica”.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, durante aula magna sobre o tema Educação e Democracia: Perspectiva 2018, na abertura do curso da pós-graduação Lato Sensu em Democracia, Direito Eleitoral e Poder Legislativo.
Justiça

Fux convoca audiência sobre horário de funcionamento de tribunais

A reunião está prevista para 2 de outubro e será mais uma tentativa de resolver o conflito que envolve advogados e os tribunais.

Saúde

Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da covid-19

O tecido está sendo produzido no Laboratório de Engenharia de Superfícies da Coppe/UFRJ e tem por objetivo oferecer maior proteção aos profissionais da área de saúde.