Ataque deixa 2 estudantes mortos horas antes do diálogo na Nicarágua

Publicado em 16/05/2018 - 14:54 Por Da EFE* - Manágua

Dois estudantes morreram na madrugada de hoje (16) em um ataque armado contra a Universidade Politécnica da Nicarágua (Upoli), enquanto seguem os bloqueios em várias cidades do país, a poucas horas do início do diálogo que buscará uma saída para a crise social que começou há quase um mês contra o governo.

Estudantes entrincheirados na universidade denunciaram que dois colegas morreram nesta madrugada em um ataque armado, no qual possivelmente foram utilizadas armas com silenciadores. Essa instituição de ensino foi alvo de constantes ataques que os estudantes atribuem à polícia e às unidades de choque.

As manifestações tomaram conta das principais cidades nicaraguenses desde o mês passado. Os manifestantes protestam contra a reforma da Seguridade Social, o equivalente à Previdência Social no Brasil, e medidas de segurança adotadas pelo governo do presidente Daniel Ortega, apontadas como violentas e agressivas.

O Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (Cenidh) estima o número de mortos entre 54 e 58, desde que começaram os protestos, no último dia 25, contra o governo do presidente Daniel Ortega. Outras organizações humanitárias falam em 65 mortes.

Na terça-feira, após 24 horas de violência na cidade de Jinotega, ao norte de Manágua, foi noticiada uma nova morte, a de Wilder Reyes, de 37 anos, funcionário da Prefeitura de Matagalpa, segundo disse o prefeito da cidade, Sadrach Zeledón.

A violência derivou enfrentamentos entre habitantes nicaraguenses, que pedem a renúncia do presidente Ortega, e a Polícia Nacional, apoiada pela Juventude Sandinista e pelas forças de choque governistas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias