ONU pede ação para erradicar discriminação contra comunidade LGBT

Publicado em 18/06/2018 - 09:22 Por Da Agência EFE - Genebra

Um especialista em direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu nesta segunda-feira (18) a todos os Estados-membros que tomem "ações urgentes" para erradicar a violência e discriminação contra a comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros).

Assim afirmou o novo relator especial da ONU para a proteção contra a violência e a discriminação baseada na orientação de gênero e identidade sexual, Victor Madrigal-Borloz, em seu primeiro discurso oficial perante a 38ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, que começou hoje em Genebra.

bandeira LGBT
Mais de 3 bilhões de pessoas vivem em países nos quais as leis ou outras medidas criminalizam seus cidadãos pela sua orientação sexual, diz especialista da ONU - Marcello Camargo/Arquivo/Agência Brasil

 

"A cada dia milhões de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e pessoas com outras identidades sexuais são submetidas a ações de grande crueldade unicamente baseadas em quem são ou ao que desejam ser", sustentou Madrigal-Borloz.

"Negar este fato é ofensivo para a dignidade de todos os que estão sujeitos à discriminação, assim como para a consciência global".

Neste sentido, defendeu que "se opor a criar ações para proteger este coletivo desafia a lógica e qualquer justificativa".

O relator opinou que o estigma e os preconceitos, reforçados por leis e regulações discriminatórias, são "a raiz" da violência e da discriminação e garantiu que "nenhum país e nem região do mundo estão isentas desta praga".

O especialista denunciou que mais de 3 bilhões de pessoas vivem em países nos quais as leis ou outras medidas criminalizam seus cidadãos pela sua orientação sexual, por isso que considera que o reconhecimento do problema e a adoção de medidas efetivas comportariam uma "diferença significativa".

Por isso, pediu a todos os membros das Nações Unidas que escutem o testemunho de pessoas afetadas pela discriminação e que "empreendam ações".

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Bola, campeonato brasileiro
Esportes

Treze avança e garante clássico de Campina Grande na final paraibana

Galo da Borborema vence Botafogo no tempo normal e nas penalidades, e se garante na grande final da competição.

chape criciuma
Esportes

Chapecoense e Brusque se classificam para final do Catarinense

Verdão superou Criciúma na disputa de pênaltis, enquanto Quadricolor passou por Juventus com empate sem gols.

bahia x alagoinhas
Esportes

Baiano: Alagoinhas segura empate com Bahia no primeiro jogo da final

Desta forma, futuro campeão do estadual permanece totalmente indefinido. E tudo será decidido apenas no próximo sábado.

santa cruz x salgueiro
Esportes

Salgueiro faz história, bate Santa Cruz e leva título pernambucano

Pela primeira vez desde sua primeira edição, em 1915, o Campeonato Pernambucano tem um campeão de fora da capital Recife, o Carcará.

BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL 05.08.2020 jogo entre América x Atlético no Estádio Independência pelo Campeonato Mineiro 2020 - Fotos: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético
Esportes

Mineiro: Atlético derrota América e está na final

Réver, Marrony e Savarino marcam no triunfo de 3 a 0. Tombense é o adversário do Galo na grande decisão.

O jogador Patrick de Paula, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Ederson, da SC Corinthians P, durante partida válida pela final, ida, do Campeonato Paulista, Série A1, na Arena Corinthians. (Foto: Cesar Greco)
Esportes

Corinthians e Palmeiras abrem final do Paulista com empate sem gols

Timão teve as melhores chances, mas parou em defesas de Weverton. Decisão fica aberta para partida de volta, no sábado (8), às 16h30 (horário de Brasília).