Trump defende tarifas e exige que EUA sejam tratados de forma "justa"

Entraram em vigor ontem novas tarifas de importação do aço e alumínio

Publicado em 02/06/2018 - 17:16 Por Agência EFE - Washington

O presidente norte-americano, Donald Trump, defendeu neste sábado (2) sua decisão de impor tarifas às importações de aço e alumínio de União Europeia (UE), Canadá e México, e reiterou seu pedido para que os Estados Unidos sejam tratados de "forma justa".

"Os EUA devem, finalmente, ser tratados de forma justa no comércio. Se cobramos zero a um país por vender seus produtos, e de nós cobram 25, 50 ou inclusive 100% para vender os nossos, é injusto e não se pode tolerar", disse Trump na sua conta no Twitter.

"Isso não é comércio livre ou justo, é um comércio estúpido!", acrescentou o presidente norte-americano.

As palavras de Trump chegam justamente um dia depois da entrada em vigor das tarifas dos EUA sobre a importação de aço e alumínio de UE, Canadá e México.

Essas tarifas são o passo mais agressivo dado até agora por Trump em seu desafio ao sistema de livre-comércio global, já que é o primeiro dirigido diretamente contra alguns dos seus aliados mais próximos.

Canadá e UE já denunciaram os EUA na Organização Mundial do Comércio (OMC), que se transformou no árbitro da guerra comercial.

Além disso, a decisão de Trump foi tomada apenas uma semana antes da viagem à cúpula do G7, organizada pelo Canadá, um dos principais afetados por ser o maior exportador de aço aos EUA, e onde se encontrará com o primeiro-ministro Justin Trudeau, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Emmanuel Macron, entre outros.

Por sua vez, o ministro de Comércio Internacional do Reino Unido, Liam Fox, anunciou hoje que seu governo abordará no G7 com Trump possíveis isenções às tarifas, que tachou de "ilegais". 
 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
 senador Marcos Rogério (DEM-RO)
Política

Senado  ratifica o Protocolo de Nagoia no Brasil

Documento aprovado no Senado regulamenta o acesso e a repartição de benefícios dos recursos genéticos da biodiversidade. O texto segue para promulgação.

Live da Semana - Presidente Jair Bolsonaro - 06/08/2020
Política

Pazuello diz que estados estão mais preparados para enfrentar pandemia

Ministro interino da Saúde participou de live ao lado do presidente. Mudança de protocolo do ministério foi um dos fatores que deixou estados mais preparados.

A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Senado aprova redução de prazos para revalidação de diplomas

O PL prevê a revalidação em prazo entre 30 e 60 dias no caso de instituições estrangeiras reconhecidas pelo Ministério da Educação e contam com um processo simplificado. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

Justiça suspende retorno das aulas presenciais na rede privada do DF

A retomada foi autorizada na terça-feira pela primeira instância após outra decisão que a proibiu. Algumas escolas chegaram a retomar as atividades nesta quinta-feira.

Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Síndrome inflamatória multissistêmica ocorre em crianças de 7 meses a 16 anos. Até agora, foram notificados 71 casos no Brasil e registradas três mortes.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.