Meninos tailandeses visitam templo para agradecer recuperação

Publicado em 19/07/2018 - 08:26 Por Agência EFE - Bangcoc

Os 12 adolescentes e o do time de futebol "Javalis Selvagens", que ficaram mais de duas semanas presos em uma caverna no norte da Tailândia, participaram hoje (19) de uma cerimônia de ação de graças após passarem a primeira noite em casa depois de deixarem o hospital.

Os meninos estiveram no início da manhã (hora local) no templo Wat Pha That Doi Wao, em Mae Sai, na província de Chiang Rai, onde vivem vários deles, acompanhados de parentes.

Eles participaram de um ritual destinado a garantir uma vida longa e próspera juntamente com o outro para, de acordo com a tradição budista, ganhar mérito em favor de Saman Kunan, o mergulhador tailandês que faleceu durante as operações de resgate.

A cerimônia ocorreu no dia seguinte que eles deram a primeira entrevista onde os jovens contaram pela primeira vez sua experiência.

Os adolescentes relataram que durante os nove dias que ficaram desaparecidos, chegaram a cavar em busca de uma saída e sobreviveram bebendo a água que escorria pelas paredes da caverna.

Os jovens também descreveram como "milagroso" o momento em que foram encontrados pelos mergulhadores, o que iniciou uma complicada operação para tirá-los do local, que chegou a envolver mais de mil pessoas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias