FMI considera mercado "complacente" por aumento dos riscos financeiros

Publicado em 10/10/2018 - 07:11 Por Agência EFE - Bali (Indonésia)

O Fundo Monetário Internacional (FMI) alertou que os mercados parecem "complacentes" diante da possibilidade de "um abrupto ajuste" das condições financeiras, embora os riscos da estabilidade financeira global terem aumentado com as tensões comerciais e a normalização monetária nos Estados Unidos.

"Em geral, os participantes do mercado parecem complacentes sobre os riscos de um abrupto ajuste nas condições financeiras", afirmou Tobias Adrian, diretor do Departamento Monetário do órgão, ao apresentar o relatório de "Estabilidade Financeira Global" em Bali, na Indonésia.

Sobre as tensões comerciais entre Estados Unidos e China, Adrian mencionou a possibilidade de uma súbita saída de capital dos mercados emergentes por causa da incerteza política e atraída pela retirada do estímulo monetário nos avançados.

O FMI calcula em até US$ 100 bilhões os fluxos de capital que podem sair dos emergentes, excluindo a China, um volume não visto desde a crise financeira de 2008.

Junto a essas "perigosas correntes de fundo", o FMI acrescentou as dúvidas sobre uma saída desordenada do Reino Unido da União Europeia dentro do processo conhecido como Brexit, que pode ter como consequência uma fragmentação do mercado europeu.

"Novas vulnerabilidades surgiram e a resistência do sistema financeiro global ainda tem que ser provada", afirmou o relatório do FMI.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias