Caravana de migrantes decide deixar a Cidade do México

Publicado em 09/11/2018 - 05:54 Por Agência EFE - Cidade do México

A caravana de migrantes que nos últimos dias se reagrupou na Cidade do México deixará o local nesta sexta-feira (9) com destino ao estado de Querétaro, no centro do país.

Em assembleia, os mais de 5 mil integrantes da caravana optaram por deixar a capital mexicana "a pé ou de ônibus", depois de completar uma estadia de quatro dias ou cinco dias, em alguns casos.

JUCI01. JUCHITÁN (MÉXICO), 31/10/2018.- Integrantes de la caravana de migrantes centroamericanos que se dirigen a Estados Unidos descansan en el municipio de Juchitán, en el estado de Oaxaca (México) hoy, miércoles 31 de octubre de 2018. Los
Caravana de migrantes centro-americanos no México - EFE/Luis Villalobos/Direitos resevados

"Com ônibus ou sem ônibus amanhã [hoje, 9], nós vamos, não nascemos em ônibus, não nascemos em transportes", declararam os migrantes durante a assembleia.

"Haverá ônibus e, se não houver, iremos a pé. Se não forem confirmados os ônibus, saímos porque ninguém quer ficar aqui", acrescentaram.

Nessa quinta-feira, membros da caravana exigiram, na frente do escritório do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, no México, que sejam colocados ônibus à disposição para chegar de forma segura à fronteira com os Estados Unidos.

Liderados pelo jornalista hondurenho Milton Benítez, eles pediram 150 ônibus para continuar, pelo território mexicano, o caminho que iniciaram no último dia 13 de outubro em San Pedro Sula, em Honduras.

Esses veículos "podem evitar mortes", afirmou Benítez, ressaltando que não devem se repetir tragédias como a ocorrida em 2011, em San Fernando, no estado de Tamaulipas, quando 72 migrantes foram assassinados, supostamente pelo cartel criminoso Los Zetas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias