Cerimônia em Paris lembra 100 anos do fim da Primeira Guerra Mundial

Publicado em 11/11/2018 - 10:20 Por Agência EFE - Paris

Aproximadamente 70 chefes de Estado e de Governo acompanharam hoje (11) a cerimônia do Centenário do Armistício da Primeira Guerra Mundial realizado no Arco do Triunfo de Paris. O presidente da França, Emmanuel Macron, foi o mestre de cerimônias em um ato que começou minutos depois das 11h local (8h, em Brasília) e no qual também participaram 15 dirigentes de organizações internacionais.

A maioria dos líderes percorreu a pé, debaixo de chuva, alguns metros na avenida Champs Élysées para chegar ao Arco do Triunfo. Antes, alguns líderes, entre os quais estão o rei Felipe VI e o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, tinham sido recebidos por Macron e sua esposa Brigitte no Palácio do Eliseu. 

Chegaram de forma separada, e um pouco mais tarde do que o resto, os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da Rússia, Vladimir Putin, que aterrissou em Paris com atraso nesta manhã.

Antes da cerimônia, duas militantes do coletivo Femen protagonizaram um incidente ao pular as barreiras, com o tronco desnudo, durante a passagem da comitiva de Trump pela Champs Élysées. As forças da ordem francesa conseguiram render as duas e levá-las para fora do cordão do segurança.

Cerca de 10 mil agentes foram mobilizados para garantir a segurança em Paris durante essa comemoração.

Macron iniciou os atos, seguido por seu primeiro-ministro, Édouard Philippe, e sua ministra de Defesa, Florence Parly, com uma breve revista de tropas e uma homenagem à bandeira enquanto soava o hino nacional francês, "La Marseillaise".

O ato mais solene, junto ao discurso do chefe do Estado francês, será a lembrança aos mortos na Grande Guerra no local onde está localizado o monumento ao soldado desconhecido.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias