Ministro do governo espanhol critica discurso de ódio de partidos

Publicado em 10/12/2018 - 16:19 Por Da Agência EFE - Marrakech (Marrocos)

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, pediu hoje (10) que a comunidade internacional combata o uso da imigração e do apelo ao ódio ao imigrante usados como desculpa por alguns partidos para discursos xenófobos e de viés nacionalista.

Sánchez lançou esse pedido em seu discurso na cúpula sobre migrações organizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Marrakech, no Marrocos, e na qual ele mostrou apoio a um pacto global que fixe linhas de atuação no mundo todo diante do fenômeno migratório.

O primeiro-ministro espanhol disse que a situação ocorre em muitos países onde alguns partidos estão instrumentalizando a migração "como desculpa para atitudes nacionalistas, fechamento de fronteiras e discursos xenófobos e excludentes".

"Apelar como se está apelando ao ódio e ao medo ao diferente só beneficia quem utiliza esta estratégia para obter lucros políticos", disse, ressaltado a necessidade de combater os que fazem esse uso da imigração.

Para Sánchez, as consequências da intolerância prejudicam a todos porque "dividem as sociedades, afastam as pessoas e os países e cerceiam valores universais, como a liberdade, a dignidade humana e a igualdade". "Não podemos cair no erro de esquecer lições do passado. Os imigrantes não são culpados, mas em muitas ocasiões, vítimas", disse.
 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias