Japão protesta contra Coreia do Norte por colisão entre embarcações

Publicado em 08/10/2019 - 05:52 Por NHK* - Tóquio

O Japão apresentou protesto contra a Coreia do Norte em decorrência da colisão entre um de seus navios de patrulha e um barco de pesca norte-coreano, dentro da Zona Econômica Exclusiva do Japão.

As duas embarcações colidiram nessa segunda-feira(7) no Mar do Japão, ao largo da Península de Noto, na província de Ishikawa.

Os membros da tripulação do navio de patrulha da Agência de Recursos Marinhos do Japão informaram às autoridades que haviam avistado o que parecia ser um barco de pesca norte-coreano na Zona Econômica Exclusiva do Japão e advertiram para a violação, pedindo a retirada da embarcação. Eles afirmam que o barco de pesca então se aproximou subitamente, atingindo o navio japonês.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão apresentou protesto veemente contra a Coreia do Norte, por meio de um canal estabelecido entre as embaixadas dos dois países em Pequim, já que o Japão e a Coreia do Norte não mantêm relações diplomáticas.

Autoridades do ministério afirmam que a colisão é um incidente muito sério. Existe uma série de relatos sobre embarcações norte-coreanas que praticam pesca ilegal dentro da Zona Econômica Exclusiva do Japão.

Membros da tripulação da embarcação de patrulha resgataram os cerca de 60 marinheiros norte-coreanos, jogados ao mar após o barco ter afundado. Os norte-coreanos subiram a bordo de outro navio da Coreia do Norte que estava navegando na área.

O Partido Liberal Democrático do Japão pretende ouvir os funcionários de alto escalão da agência de pescas sobre os motivos que levaram a tripulação a transferir os marinheiros norte-coreanos resgatados para outra embarcação daquele país.

A agência descreveu o ato como medida normal, afirmando que a meta da patrulha é não permitir que barcos estrangeiros se envolvam em pesca ilegal em águas japonesas.

*Emissora pública de televisão do Japão

 

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Teste rápido de COVID-19
Saúde

Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19

A capital lidera o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (74.421 casos). Em seguida vem Niterói (9.380) e São Gonçalo (9.298), ambas na Região Metropolitana.  

 


 

VITÓRIA ATLÉTICO MINEIRO E EMPATE DO SANTOS
Esportes

Flamengo perde para o Atlético mineiro no Maracanã

 

Na segunda rodada, o Atlético recebe o Corinthians em jogo previsto para  quinta-feira (13). Já o Flamengo enfrenta um dia antes (12), o Atlético Goianiense.

 

Manifestantes carregam bandeiras nacionais durante um protesto contra o governo no centro de Beirute, Líbano, em 20 de outubro de 2019
Internacional

Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute

Milhares de pessoas foram para a Praça do Parlamento e para a Praça dos Mártires Os manifestantes tentaram entrar em uma área isolada e invadiram os escritórios de ministérios.

Teste rápido de COVID-19
Saúde

Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes

Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde no início da noite deste domingo (9). Nas últimas 24 horas, o país registrou 23.010 novos casos e 572 mortes. 

Esportes

STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada

Cancelamento ocorreu 10 minutos antes do jogo começar. É que 10 jogadores testaram positivo para o novo coronavírus, sendo 8 titulares. Partida ainda não tem nova data.

 

O filme Yover, produzido por Edison Sanchez e Miguel Zanguña Billalva, será exibido na Mostra Ecofalante
Geral

Mostra traz filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais

O 9 º Festival Ecofalante vai de 12 de agosto a 20 de setembro. Terá sessões online por causa da pandemia. Os filmes ficam disponíveis por períodos que variam de 24 horas a dez dias.