Irã: mecanismo de solução de disputas dificulta manutenção de acordo

Recurso foi acionado pelo Reino Unido, França e Alemanha

Publicado em 15/01/2020 - 06:20 Por NHK* - Tóquio

Três nações europeias - Reino Unido, França e Alemanha - decidiram acionar um mecanismo de solução de disputas com o Irã devido a violações do acordo nuclear. A medida torna mais difícil a manutenção do pacto.

Os chanceleres dos três países disseram, em declaração conjunta nessa terça-feira (14), que "não tiveram outra escolha" senão acionar o mecanismo estipulado no acordo de 2015.

Os países vão manter negociações de alto nível para resolver a disputa. Se não conseguirem, sanções contra o Irã serão retomadas após procedimentos no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Reino Unido, França e Alemanha argumentam que o objetivo da medida é manter o acordo, no qual o Irã limita suas atividades nucleares em troca da suspensão de sanções.

O porta-voz da chancelaria iraniana, Abbas Mousavi, alertou, em nota, que Teerã vai preparar "uma séria resposta a quaisquer medidas destrutivas". Mousavi também afirmou que o Irã vai apoiar "atos de boa-fé e esforços construtivos" para salvar o acordo.

*Emissora pública de televisão do Japão

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Plantação de cana-de-açúcar, usada para produzir açúcar e etanol
Política

Brasil terá cota adicional na exportação de açúcar aos EUA

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (21), pelas redes sociais, que o Brasil terá uma cota adicional de 80 mil toneladas de açúcar para exportar aos Estados Unidos.