Mais de mil pessoas protestam contra reforma constitucional de Putin

Proposta teria a intenção de ajudar o presidente a se manter no poder

Publicado em 20/01/2020 - 08:24 Por NHK* - Moscou

Mais de mil pessoas saíram às ruas de Moscou nesse domingo (19), para protestar contra a proposta do presidente Vladimir Putin de alterar a constituição da Rússia para mudar a estrutura política do país.

Críticos consideram que a proposta tem a intenção de ajudar Putin a manter o poder após o fim de seu mandato em 2024.

Forças da oposição convocaram pessoas para participar do protesto, planejado para ocorrer em conjunto com uma manifestação em memória de uma jornalista pró-democracia, morta há 11 anos. Cerca de 1,4 mil pessoas compareceram. Algumas delas levavam a Constituição russa nas mãos.

Os manifestantes gritaram palavras de ordem contra o plano de emenda constitucional proposto por Putin e insistiram que o presidente renuncie após o término do mandato.

Não houve registros de confrontos com as forças de segurança. Mas oito manifestantes teriam sido detidos.

*Emissora pública de televisão do Japão

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias