Famílias afetadas economicamente na Argentina receberão bônus

Ajuda deverá beneficiar 3,6 milhões que estão sem rendimentos

Publicado em 24/03/2020 - 14:06 Por Marieta Cazarré - Repórter da Agência Brasil - Montevidéu

Para amenizar o impacto do novo coronavírus na economia das famílias que ficaram sem rendimentos devido à quarentena geral, o governo da Argentina anunciou uma ajuda de 10 mil pesos (cerca de R$ 800).

A princípio, será uma única cota paga em abril, mas, segundo o governo, o benefício pode se estender, caso a determinação de isolamento total permaneça

O Ingresso Familiar de Emergência (IFE) é para aqueles trabalhadores entre 18 e 65 anos que ficaram sem receber recursos por causa da interrupção de suas atividades econômicas, tanto formais quanto informais.

As famílias que têm outra fonte de renda ou têm capacidade econômica demonstrável não receberão o benefício.

O presidente Alberto Fernández declarou quarentena geral no país no dia 20 de março, há quatro dias.

O governo avalia que serão contempladas 3,6 milhões de famílias. A inscrição para o recebimento do bônus será feita em uma página na internet, que deve estar disponível dentro de aproximadamente duas semanas, para argentinos natos ou naturalizados e residentes legais.

O anúncio foi feito pelo ministro da Economia, Martín Guzmán, que afirmou que existem três modelos no mundo para atacar a crise econômica decorrente da pandemia: "Transferências diretas de dinheiro, proteção ao emprego e seguro-desemprego: a Argentina é o único país que está adotando os três modelos.”

"Estamos garantindo que todos os que vivem na Argentina estejam protegidos da situação de crise econômica nacional e global", afirmou Guzmán.

O ministro do Trabalho, Claudio Moroni, também participou do anúncio e disse que o Estado busca alcançar famílias que hoje não recebem outros benefícios, como aposentadoria, pensão ou programas de assistência.

Empregadas domésticas que estão registradas pelos patrões não estão aptas a receber o bônus, mas se comprovarem que trabalham de maneira informal terão acesso ao benefício.

Outras medidas

Em relação aos autônomos, pequenos comerciantes e empresários com poucos empregados, Guzmán informou que novas medidas de assistência do Estado serão anunciadas na semana que vem.

​Os aposentados e pensionistas que recebem um salário mínimo terão direito a um bônus de 3 mil pesos (cerca de R$ 240). Aqueles que recebem menos de 18.892 pesos (R$ 1.500) receberão a quantia que falta para atingir esse valor. Os beneficiados são 4,6 milhões de pessoas.

Outra medida é a fixação de preços máximos para produtos essenciais, como alimentos, itens de higiene pessoal e medicamentos, por 30 dias, que podem ser prorrogáveis. Os preços foram fixados no dia 6 de março.

A Argentina enfrenta uma profunda crise econômica e social. Em 2018, a pobreza no país atingiu 32% das pessoas; os sem-teto eram 6,7% da população. No final de 2019, a pobreza atingia 40% da população e a inflação terminou o ano em 53%.

Edição: Nádia Franco/Denise Griesinger

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Live Jair Bolsonaro 13.08.2020
Política

Bolsonaro: não existe tentativa de furar o teto de gastos

Bolsonaro defendeu a realização de investimentos públicos em áreas sociais e obras de infraestrutura, mas disse que não existe tentativa de "golpe" para "furar o teto".

A partir de hoje (17) estão liberadas as práticas de esportes coletivos como vôlei, futevôlei, beach tennis e futebol nas praias do Rio de Janeiro.
Geral

Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte

O Senado aprovou hoje um projeto de lei que regulariza o recebimento do auxílio emergencial por funcionários e atletas do setor de esportes.

Edifício sede do Superior Tribunal de Justiça STJ
Justiça

Ministro do STJ revoga prisão domiciliar de Queiroz e esposa

 Fabrício Queiroz é investigado em um suposto esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro. 

Vista geral da favela Morro Azul, na zona sul do Rio de Janeiro.
Geral

Rio: 1,4 mil mortes por covid-19 foram em favelas, mostra painel

Número se referem às favelas da capital. O estado do Rio de Janeiro registrou 14.080 óbitos desde a chegada do novo coronavírus no Brasil, dos quais 8.612  na capital.

O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo
Justiça

TSE adia decisão a respeito de tese sobre abuso de poder religioso

Até o momento, os ministros Alexandre de Moraes e Tarcísio de Carvalho Neto votaram contra a medida. Somente o relator, Edson Fachin, defendeu a tese para punição. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

TJRJ determina que escolas se preparem para retorno, mesmo em greve

Decisão diz que 70% dos funcionários do administrativo devem retornar ao trabalho presencial, mesmo durante a greve, para prepararem a volta às aulas.