Argentina em quarentena atinge mil mortes por covid-19

Governo informou que há 41.204 casos confirmados

Publicado em 22/06/2020 - 05:38 Por Hernán Nessi - Repórter da Reuters - Buenos Aires

As mortes por coronavírus na Argentina chegaram a mil nesse domingo (21), de um total de 41.204 casos confirmados. O país mantém isolamento obrigatório para combater os efeitos da pandemia que afeta a população mundial.

O governo argentino disse que 12.728 pessoas se recuperaram do vírus. "Quanto aos casos confirmados, 1.046 são importados, 15.528 são contatos próximos de casos confirmados, 17.095 são casos de circulação comunitária e o restante está sob investigação epidemiológica", mostrou relatório do Ministério da Saúde.

Na Argentina, há uma quarentena severa que começou no fim de março e vai até 28 de junho, mais grave na capital e em grandes regiões urbanas, a fim de impedir a propagação do novo coronavírus.

Os números de contágio na Argentina registram níveis muito mais baixos do que no Brasil, onde se estima que estejam concentradas mais da metade das infecções na América Latina.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias