Reino Unido avalia medidas para evitar nova cepa da covid-19

O assunto foi discutido hoje pelo primeiro-ministro, Boris Johnson

Publicado em 19/12/2020 - 15:37 Por Michael Holden - Repórter da Reuters - -

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, discutiu com seus principais ministros neste sábado (19) que ação urgente tomar depois que foi confirmado que uma nova cepa do vírus da covid-19 pode se espalhar mais rapidamente e levar a um aumento de casos.

A BBC informou que Londres e o sudeste da Inglaterra serão colocados em um nível mais alto de restrições e que o governo reduzirá uma planejada flexibilização das regras para o Natal, mas não deu mais detalhes.

Johnson concederá uma entrevista coletiva ainda neste sábado, em que falará quais são seus planos diante de um aumento nas infecções em Londres e no sudeste da Inglaterra, ligadas a uma nova variante mais transmissível do vírus.

O diretor médico da Inglaterra, Chris Whitty, disse que, embora não haja evidências no momento de que a variante do novo coronavírus tenha causado uma taxa de mortalidade mais alta ou impactado as vacinas, um trabalho urgente está em andamento para confirmar isso.

"Alertamos a Organização Mundial da Saúde e continuamos analisando os dados disponíveis para melhorar nosso entendimento", afirmou Whitty em um comunicado.

O Reino Unido registrou 28.507 novos casos de covid-19 na sexta-feira (18) e 489 mortes, com o número de reprodução "R" estimado entre 1,1 e 1,2, o que significa que o número de casos está aumentando rapidamente.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias