EUA dizem estar focados em garantir segurança do aeroporto de Cabul

Cinco pessoas morreram no caos no aeroporto nesta segunda-feira

Publicado em 16/08/2021 - 18:11 Por Idrees Ali, Daphne Psaledakis, Lisa Lambert, Humeyra Pamuk e Ted Hesson - Washington

Os Estados Unidos estão concentrados em proteger o aeroporto de Cabul e mais forças norte-americanas chegarão o local, disse o vice-conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jon Finer, à medida que as pessoas tentam fugir do Afeganistão um dia depois de insurgentes do Talibã tomarem o poder.

Os Estados Unidos suspenderam temporariamente todos os voos de retirada de pessoal de Cabul para remover as pessoas que se aglomeraram no pátio do aeroporto, disse um oficial de defesa dos EUA à Reuters, mas sem informar quanto tempo duraria a interrupção.

O oficial de defesa disse que os Estados Unidos pretendem tirar do Afeganistão dezenas de milhares de afegãos em risco que trabalharam para o governo dos EUA e irão abrigá-los temporariamente em Fort McCoy, em Wisconsin, e Fort Bliss, no Texas.

Cinco pessoas morreram no caos no aeroporto de Cabul nesta segunda-feira, segundo testemunhas, enquanto as pessoas tentavam fugir do país depois que os insurgentes do Talibã tomaram Cabul e declararam o fim da guerra contra forças estrangeiras e locais.

Os Estados Unidos estão intensamente focados em proteger o aeroporto de Cabul nesta segunda-feira, disse o vice-conselheiro de Segurança Nacional, Jon Finer, à MSNBC. O objetivo era continuar os voos de retirada de civis para cidadãos norte-americanos no Afeganistão, afegãos que trabalharam ao lado dos EUA nos últimos 20 anos e para outros afegãos particularmente vulneráveis, disse ele.

Forças adicionais dos EUA irão para o aeroporto nesta segunda e na terça-feira para fornecer segurança, acrescentou Finer.

Os insurgentes do Talibã assumiram o controle da capital afegã, Cabul, no domingo, depois da derrota do Exército afegão apoiado pelos Estados Unidos quando as forças estrangeiras se retiraram do Afeganistão.

O Pentágono fornecerá moradia temporária nos Estados Unidos para até 22.000 afegãos que se inscrevam para vistos especiais de imigração, disponíveis para tradutores e outros que ajudaram o governo dos EUA no Afeganistão.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias