Europa monta frota de aviões para combater incêndios na União Europeia

Plano de prevenção conta com 556 bombeiros de 12 países do bloco

Publicado em 14/05/2024 - 09:54 Por Agência Lusa - Lisboa

Portugal contribui com dois aviões para a frota especial da União Europeia (UE) de combate a incêndios florestais, no âmbito do plano de prevenção que vai posicionar 556 bombeiros de 12 países em locais estratégicos.

Segundo um comunicado divulgado nesta terça-feira (14) pela Comissão Europeia, o contingente de bombeiros serão colocado em locais estratégicos da UE – como Portugal, Espanha, França e Grécia –, e estará pronto a ajudar no combate aos incêndios.

Em segundo lugar, a UE constituiu uma frota especial, para este verão, composta por 28 aviões de combate a incêndios e quatro helicópteros em dez Estados-membros, incluindo Portugal, com dois aviões.

A Comissão Europeia destinou também um pacote financeiro de € 600 milhões para facilitar a aquisição de mais 12 aeronaves, que serão repartidas entre seis países do bloco.

O ano de 2023 teve uma das piores épocas de incêndios florestais já registradas na UE, o que justificou reforçar a frota aérea de combate ao fogo.

O Mecanismo de Proteção Civil da UE foi ativado 10 vezes no ano passado, chamando o bloco a colaborar quer no combate a incêndios em Estados-membros e participantes (Islândia, Noruega, Sérvia, Macedónia, Montenegro, Turquia, Bósnia-Herzegovina, Albânia, Moldavia e Ucrânia), quer em países terceiros como Chile, Bolívia e Canadá.

*É proibida a reprodução deste conteúdo

Últimas notícias