Vice dos EUA visita venezuelanos em Manaus e reforça críticas a Maduro

Regime venezuelano foi acusado de causar êxodo de 2 milhões de pessoas

Publicado em 27/06/2018 - 19:57 Por Agência Brasil * - Manaus

Durante sua visita a um abrigo de imigrantes venezuelanos em Manaus, nesta quarta-feira (27), o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, voltou a criticar o regime do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que acusou de “ditadura brutal” e de provocar o êxodo de 2 milhões de pessoas “obrigadas a fugir do país”. Pence deu continuidade à visita ao Brasil, iniciada ontem por encontro com o presidente Michel Temer em Brasília.

"O regime de [Nicolás] Maduro, essa ditadura brutal, enfraqueceu a economia e o custo dos seus crimes não podem ser calculado em números, mas em consequências. São mais de 2 milhões de pessoas que obrigadas a fugir do país", declarou Pence. Ele disse que a mensagem do presidente Donald Trump é de manter o apoio dos Estados Unidos ao povo venezuelano. “Os Estados Unidos estão com vocês, caminhamos com vocês e vamos continuar assim até que a democracia seja restaurada na Venezuela”, afirmou.

O vice-presidente desembarcou em Manaus por volta de 10h30, horário local, acompanhado da esposa Karen Pence. Em um comboio e sob forte esquema de segurança, eles partiram para a visita à Casa de Acolhida Santa Catarina, na capital amazonense, onde estão abrigados 79 venezuelanos. Toda a área ao redor do centro humanitário foi fechada e a passagem de carros ficou proibida por, pelo menos, duas horas.

Mike Pence ficou cerca de 1h30 na Casa de Acolhida Santa Catarina, que é administrado pela Cáritas Arquidiocesana de Manaus em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). Os venezuelanos abrigados no local chegaram a Manaus pelo processo de interiorização promovido pelo governo brasileiros. O vice-presidente dos Estados Unidos fez um pequeno discurso no local.

Sensibilização

O padre Orlando Barbosa, vice-presidente da Cáritas, conta que Pence ficou sensibilizado com o trabalho desenvolvido no abrigo. “Essa maneira nossa, brasileira, humana e simples de fazer esse processo de acolhimento criou um impacto no discurso dele aqui internamente, de ver as pessoas e as crianças bem, aqui na casa. Acho que isso sensibilizou um pouco ele”, afirmou.

O padre disse que a acolhida pode impactar a política norte-americana sobre o tema da imigração. “Isso pode atingir a expectativa de que os Estados Unidos possam continuar acreditando nos direitos humanos e também na defesa dos refugiados imigrantes, não só aqui da Venezuela, mas em todo o mundo”, explicou.

O religioso também espera que a visita reforce a promessa de recursos do governo norte-americano para ajudar os imigrantes. Durante encontro com o presidente Michel Temer em Brasília, Pence anunciou que os Estados Unidos vão destinar R$ 10 milhões de reais para os venezuelanos, sendo R$ 1 milhão diretamente para o Brasil.

Críticas à visita

Antes da visita de Mike Pence ao abrigo, os serviços pastorais do Migrante Nacional e da Arquidiocese de Manaus divulgaram nota manifestando indignação e tristeza com a visita do vice-presidente norte-americano. Para as entidades, Pence “representa um governo que constrói muros, separa crianças de seus pais e que pretende se apresentar ao mundo como defensor de migrantes e refugiados”.

A nota afirmou ainda que “esse gesto do governo Trump está longe de ser humanitário e de preocupação com os direitos humanos e que remete a uma política de controle e colonialismo constante dos Estados Unidos com a América Latina”.

A previsão é que Pence e Karen fizessem ainda um voo de helicóptero para ver a Floresta Amazônica e seguissem depois para o Aeroporto Internacional de Manaus, de onde embarcam rumo ao Equador, a segunda parada da terceira excursão pela América Latina, que terminará na Guatemala.

* Com informações da Agência EFE e de Bianca Paiva, repórter da Rádio Nacional

Edição: Davi Oliveira

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Câmara aprova MP amplia uso de assinatura eletrônica

Objetivo da MP é facilitar o uso de documento assinados digitalmente para ampliar o acesso a serviços públicos digitais. Texto segue para o Senado.

la bombonera, estádio do boca juniors
Esportes

Equipes do futebol argentino voltam a treinos presenciais

Após paralisação de cinco meses causada pela pandemia de coronavírus, 16 das 25 equipes da primeira divisão do país sul-americano retornaram às atividades presenciais.

Programa de Incentivo à Cabotagem, BR do Mar,
Geral

Programa de incentivo marítimo BR do Mar é entregue ao Congresso

O governo entregou hoje o projeto de lei BR do Mar - iniciativa que visa expandir o tráfego marítimo de mercadorias em todo o território nacional.

 

cruzeiro guarani
Esportes

Série B: Cruzeiro vence Guarani por 3 a 2 fora de casa

Segunda rodada também teve triunfos de Juventude, Paraná e Botafogo SP, além do empate entre Brasil de Pelotas e Ponte Preta.

Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.